Já falamos diversas vezes sobre a magnitude da comunicação, tanto oral, quanto escrita. Quando precisamos dialogar com alguém precisamos saber expressar as nossas ideias e ouvirmos as do outro. É uma troca e deve ser recíproca.

Porém, manter a atenção voltada para o interlocutor nem sempre é tão simples, em alguns casos, desviamos facilmente o nosso pensamento e acabamos não conseguindo absorver nada. Além de ser considerado uma falta de educação, pode nos prejudicar quando se trata de um colega de trabalho ou até mesmo o nosso chefe.

Na voz da especialista

A escuta ativa entra como aliada nesse processo, ela é uma técnica com o objetivo de manter o diálogo eficiente, tornando o ouvinte capaz de assimilar as coisas ditas. Para Valquíria Di Giorgio, consultora de etiqueta comportamental e corporativa, “ é uma ferramenta inserida em um conceito chamado de comunicação generosa, uma habilidade com a função de nos auxiliar de forma efetiva, tanto nos relacionamentos pessoais, como também nos profissionais.”

A especialista ainda complementa: “Não é apenas o ato de escutar passivamente, como o próprio nome diz, é ativamente, onde se demonstra o interesse genuíno pela fala do locutor, evitando-se qualquer tipo de julgamento, compreendendo de forma empática as expressões alheias e não somente mediante a linguagem verbal, mas também por meio da não verbal. Assim, mesmo não concordando com a outra pessoa, colaboramos para ela se sentir valorizada e acolhida e desenvolvemos em nós a flexibilidade para respeitar opiniões e ideias divergentes das nossas.”

Diversos benefícios

A soft skill é uma habilidade de inteligência emocional e é altamente valorizada pelas empresas, por mostrar empatia e atenção por parte do colaborador, mantendo todos os sentidos voltados ao falante. Ainda evita possíveis conflitos e confusões por falhas comunicacionais, estimula o trabalho em equipe e gera confiança, sendo assim, beneficia ambos os lados.

Passo a passo para ter uma escuta ativa

Visando te ajudar a se tornar um melhor ouvinte, trouxemos aqui sete dicas valiosas:

Infográfico 02-12-21

1- Evite as distrações: foque apenas nas coisas ditas naquele momento, depois você presta atenção no restante, nos seus próprios pensamentos e problemas.

2- Não seja seletivo na hora de ouvir: ouça toda a mensagem, não pegue apenas as partes interessantes para você. Selecionar apenas o desejável não é perceber atentamente.

3- Deixe o interlocutor confortável: crie um ambiente agradável, seja receptivo e caloroso com ele, isso facilitará o discurso.

4- Se atente à linguagem não verbal: observe os movimentos e sinais emitidos por ele, como ele se mostra? Como se comporta e como reage às coisas? A linguagem corporal fala muito.

5- Se mostre interessado: faça perguntas, estimule-o a falar, queira saber mais. Se a pessoa se comunica com você, há uma necessidade da parte dela de fazer isso, valorize.

6- Seja empático: se coloque no lugar de quem fala, entenda as demandas, dores e sentimentos da outra pessoa ou busque, ao menos, tentar imaginar isso.

7- Ouça: por mais óbvio, se permita ficar em silêncio, se calar um pouco. Temos a tendência de compartilhar as nossas próprias experiências, mas é essencial sabermos nos atentar às do outro.

É importante reconhecermos a nossa hora de falar e de ficar quieto e a escuta ativa é uma aliada para o caminho do sucesso. A sensibilidade de compreender plenamente o outro por meio das palavras é um grande diferencial e, com certeza, te ajudará a ter destaque.

Gostou do assunto? Assista a este vídeo e acompanhe mais dicas na TV Nube! Nosso conteúdo é atualizado semanalmente e você pode desfrutar sem moderação, aproveite e concorra às melhores vagas!

Compartilhe