Se dedicar aos estudos é uma tarefa difícil para diversas pessoas. Afinal, o dia a dia no trabalho junto a outros afazeres acabam absorvendo nossas horas. Entretanto, a tecnologia vem evoluindo e criando soluções para ajudar no desenvolvimento de competências, mas nada vai funcionar sem total dedicação de sua parte.

Fernanda Surian, Professora de Inglês, define o tempo como o maior aliado quando se está descobrindo uma nova língua, em suas palavras: “poucos minutos no seu dia com 100% de foco podem fazer milagres pelo seu aprendizado”. Portanto, o segredo é ter força de vontade e se organizar.

Hoje existem diversas ferramentas de fácil acesso para facilicar o conhecimento, mas a Internet também pode ser tornar vilã na hora de estudar. Segundo uma pesquisa do Nube com mais de seis mil participantes 57,78% das pessoas ocupa maior parte de seu dia na rede. Para Fernanda, diminuir o período navegando é imprescindível em processos de estudo.

Abaixo veja cinco dicas do Instituto Mindset para aprender Inglês e não deixe de assistir ao Dicas de Carreira sobre os idiomas no combate ao desemprego, clique aqui

1) Encontre um ambiente favorável

O ambiente é importantíssimo para o seu desempenho. Encontre um lugar onde você tenha tranquilidade, silêncio, seja iluminado e agradável.

2) Faça um planejamento e analise seu tempo 

Verifique dentro de todas as suas atividades como reservar um horário para seus estudos, a frequência é importantíssima para compreender e progredir mais rápido.

3) Esteja motivado 

Lembre-se dos motivos, sonhos e cargos para alcançar quando você estiver estudando e mantenha isso diante de situações difíceis para se auto impulsionar. 

4) Deixe o tema fazer parte da sua vida

Procure fazer mais coisas envolvendo o idioma como ler mais livros, assistir séries e filmes legendados, ouça músicas e preste atenção nas letras. Acostume-se com essa nova língua melhor e tudo ficará mais fácil para alcançar o objetivo desejado.

5) Pergunte sem medo

Em caso de dúvida, não a deixe passar! Fale com seu amigo fluente, faça uma pesquisa sobre esse assunto e comente com o seu professor. Perguntas são fundamentais 

De acordo com uma pesquisa da Catho sobre a diferença salarial entre quem é fluente em língua inglesa e quem tem habilidade básicas. Os resultados mostram: em um cargo de coordenação, quem tem maior conhecimento do inglês ganha 61% a mais. Em diretoria, esta diferença salarial é de 42%. Nos cargos de gerência, a diferença aumenta em 57% e nos cargos de supervisão chega a 43%. Dessa forma, fica inquestionável a importância de aprender para crescer.

Gostou do assunto? Assista ao vídeo e acompanhe mais dicas na TV Nube! Nosso conteúdo é atualizado semanalmente e você pode desfrutar sem moderação, aproveite e concorra as melhores vagas de estágio!

Compartilhe

Assista também