No trabalho, temos colegas de diferentes idades. Segundo pesquisa do Nube, para 80,67% das pessoas, o convívio é ótimo e gera aprendizado. Outros 17,75% crescem muito com quem tem mais experiência.

Para Marcel Rodrigues, recrutador do Nube, é fundamental saber lidar com essa divergência. “A geração mais velha, por já ter passado por várias experiências dentro da empresa pode ensinar, mas também aprender. É uma troca de ideias”, explica.

A gestora de empresas Kelly Querido acredita no balanço saudável das discordâncias. “Esse convívio é bastante produtivo para as empresas como um todo. Enquanto o jovem é mais imediatista, os experientes têm mais cautela e isso traz equilíbrio para o time”, afirma.

Quer saber mais? Então assista agora ao novo vídeo da TV Nube! 

Compartilhe