Vaga de inclusão para pessoas Transgênero Vaga de inclusão para pessoas Negras e ou pardas Vaga em regime Home Office Vaga em regime Híbrido
Vaga com alta procura

Consulte todas as vagas dessa empresa!

  • +
Tenho interesse
Essa vaga não está mais disponível para novos agendamentos.

Publicidade Vaga de inclusão para pessoas Negras e ou pardas

Vaga de Estágio
Essa vaga tem como objetivo inclusão de jovens pretos e pardos
Essa vaga é para atuação presencial
Nº da vaga: 299632

Bolsa-auxílio:

R$ 2.000,00


Benefícios

Possibilidade de efetivação

Possibilidade de efetivação

Possibilidade de prorrogação

Possibilidade de prorrogação

Recesso remunerado

Recesso remunerado

Assistência médica

Assistência médica

Auxílio-transporte

Auxílio-transporte

Vale-refeição:

Vale-refeição:

Sim. (Valor: R$ 33,74)

Duração do estágio:

12 meses

Quantidade de vagas:

1


Requisitos

Um dos cursos abaixo:

  • Bacharelado em Comunicação Social - Habilitação em Publicidade e Propaganda
  • Comunicação
  • Comunicação e Marketing
  • Comunicação e Multimeios
  • Comunicação Mercadológica

Nível:

  • Superior

Cursando:

4º semestre ao 7º semestre.

Conclusão:

2º semestre de 2024 ao 1º semestre de 2026

Horário de estudo:

  • A distância
  • Noturno

Local e horário

Cidade / Bairro:

São Paulo - Bela Vista

Horário de Estágio

de segunda a sexta-feira, das 10h às 17h, com 1h de intervalo


Informações

Área de atuação:

Publicidade

Atividades de estágio:

manter o controle diário de orçamentos de campanhas, implementação de campanhas digitais nas plataformas dv360, google, meta, tiktok e veículos variados, prestar suporte no planejamento de mídias, realizar relatórios de campanhas

Porte da Empresa

Médio porte

Ramo da Empresa

Agência de publicidade


Vaga de inclusão - Etnias

Observação:

O Nube foi convidado pelo MPT - Ministério Público do Trabalho a fazer parte do pacto social (Clique aqui e veja mais ) para melhorar a inclusão de jovens universitários negras e negros no mercado.

Conheça também a nota técnica (Clique aqui e veja mais ) do MPT sobre a legalidade dessa iniciativa.


Compartilhe

Enquete