O Dia da Mulher é celebrado anualmente e marca uma luta histórica por igualdade. Afinal, são tantos os passos ainda necessários até alcançarmos um cenário de equidade entre gêneros em diversos aspectos. Nesse sentido, é sempre muito importante o assunto ser uma pauta dentro das corporações. Inclusive, estagiários e aprendizes, forças novas dentro das companhias podem potencializar essa discussão.

O cenário

Veja só: segundo o “Relatório de Desigualdade Econômica de Gênero de 2021”, do Fórum Econômico Mundial, o Brasil está na 93ª posição no ranking geral de diferença global de gênero. Sendo assim, a estimativa é demorar cerca de 267,6 anos para se alcançar a equivalência.

De acordo com a Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad) Contínua mais recente, de 2019, feita pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), as mulheres recebiam 77,7% (em média) dos rendimentos dos homens. Esse quadro ainda é representativo do cenário geral.

Todavia, se a segmentação por posições escancara disparidades, a racialização mostra um pódio imbatível. Conforme dossiê realizado pela Antra (Associação Nacional de Travestis e Transexuais do Brasil) e pelo IBTE (Instituto Brasileiro Trans de Educação), cerca de 90% da população de travestis e mulheres transexuais, a maioria delas negras, semianalfabetas e com baixíssima expectativa de vida, acabam se prostituindo por não conseguirem se posicionar profissionalmente. Isso evidencia um fator ainda mais dramático.

De dentro para fora

Para a sócia-fundadora da Dádiva, Luiza Lugli Tolosa, todas essas informações mostram o quanto ainda precisamos evoluir como sociedade. “Por isso, procuramos anualmente trazer temas relevantes sobre o assunto em nossas campanhas. Desde de quando inaugurei a Dádiva, esse é um tema significativo para nós e pauta muitas das nossas ações”, explica.

Segundo ela, a meta era ter no quadro de funcionários a mesma quantidade dos dois públicos. “Com elas exercendo funções tanto na parte de processos de produção, quanto nos cargos de gestão. Hoje, conseguimos atingir esse objetivo”, afirma a dirigente.

Administradora de empresas pela Universidade de São Paulo (USP), Luiza viu na cerveja artesanal um nicho promissor quando fundou a cervejaria Dádiva, em 2014. Ao longo desses sete anos atuando em um mercado ainda visto por muitos como masculino, no qual mulheres precisam provar todos os dias sua capacidade, ela transformou-se em uma das principais porta-vozes do setor.

Conforme a gestora na SysMap Solutions, Viviane Tavares, as garotas além de terem as mesmas qualidades técnicas, ainda acabam ajudando seus times. “Elas têm vários soft skills, como boa comunicação, facilidade em lidar com pessoas, visão ampla e sistêmica para entender de fato o problema, criatividade, organização, planejamento, atenção aos detalhes e disciplina, características imprescindíveis para executar um excelente trabalho e liderar um grupo”, complementa.

É possível notar, atualmente, como o sexismo está presente no mercado em todo o mundo e, em tecnologia da informação (TI), isso fica ainda mais intenso. Contudo, a carreira em inteligência é brilhante e tem muito espaço para as moças. Bancos, supermercados, hospitais, instituições de ensino agora são empresas tech, qualquer tipo de negócio é impulsionado pelo setor.

Por isso, as entidades têm um grande papel quando falamos de aumentar essa representatividade. “Faz parte da nossa missão ajudar a eliminar esse estigma. Em TI temos espaço para todos e, assim como em outras áreas, só precisamos de pessoas comprometidas e interessadas em fazer a diferença, nos negócios e no mundo”, finaliza Viviane.  

Portanto, acompanhe nosso blog e as redes sociais, pois publicamos conteúdos diários com a participação de grandes especialistas. Assim, você se mantém alinhado às novas necessidades do mundo corporativo e se destaca. Conte com o Nube!

Feliz dia da mulher!

Seja nosso seguidor no Twitter (@nubevagas) e veja notícias diárias de ações, vagas de estágio e aprendizagem, palestras e muito mais. Assista nossos vídeos de dicas no YouTube e participe da nossa página no Facebook. Agora estamos também no Instagram e no Linkedin. Esperamos você em nossas redes sociais!

O Nube também oferece cursos on-line voltados para a qualificação profissional de estagiários e aprendizes. Basta acessar o link www.nube.com.br/ead. Todos os serviços para o estudante são gratuitos. Já instalou nosso aplicativo "Nube Vagas" em seu celular? Com ele você será notificado a cada nova oportunidade. Disponível na Apple Store e Play Store.

Compartilhe