Quando é a hora certa de mudar de emprego? Essa pergunta não tem uma resposta exata, mas existem fortes indicadores para avaliar evidências de estar na hora de repensar a trajetória profissional. Essa é uma decisão acompanhada de diversos medos, mas pensados com cautela e bem planejados podem resultar em sucesso e motivação.

Gatilhos negativos

Pensando nisso, elencamos algumas sensações, situações ou acontecimentos para levá-lo a refletir sobre a fase atual da sua carreira. Veja:

Síndrome do domingo

Você já deve ter escutado: “quando chega domingo à tarde, começo a sentir borboletas no estomago”. Isso é a ansiedade de imaginar a próxima semana de trabalho. “É uma causa de quando nosso cérebro, conscientemente ou não, começa a ‘precificar’ os passos adiante”, explica o sócio da Messem Investimentos, Willian Kahler.

Para ele, é comum ter esse pressentimento quando estamos em um ambiente hostil, possuímos forte pressão com metas ou simplesmente não enxergamos valor em nossas atividades. "Essa talvez seja uma das mais perigosas emoções referentes à vida profissional, pois vai nos atacando psicologicamente”, avalia o executivo.

Incompatibilidade entre seu resultado e a remuneração

Ganhar dinheiro não pode ser o único motivo para estarmos em um emprego. No entanto, não é um fator irrelevante. Com o tempo, o reconhecimento precisa acontecer, caso contrário, torna-se apenas um “batedor de metas”.

Falta de propósito

Um dos mais graves motivos apontados por muitos indivíduos é não fazer algo de valor para os outros. A vida é curta e passar por ela sem gerar a diferença é um desperdício. “Certamente, você pode ajudar alguém ou contribuir para melhorias e inovações com impacto positivo na sociedade, mas se não identificar um propósito em seu serviço, preste atenção”, avalia o sócio da Messem Investimentos.

Ambiente hostil

Passamos a maior parte das nossas vidas dentro do nosso ambiente laboral. Já pensou nisso? Então, os colegas com os quais convivemos e interagimos acabam se tornando tão próximos quanto nossos familiares e amigos. “Mesmo com o home office e a introdução das tecnologias, as interações pessoais continuam bastante intensas. Logo, coabitar em um espaço de competitividade não saudável, além de prejudicar a performance, pode provocar problemas para a saúde intelectual”, finaliza Kahler.

Por fim, é importante, em todas as áreas e segmentos, ter um propósito definido, saber onde quer chegar e como pode fazer, traçando estratégias. “Tendo em mente tudo isso, comece a trabalhar a sua imaginação, reflita e reavalie suas conquistas e quais ações te ajudaram até ali. Imagine diversos cenários, mas sempre com o foco no seu sucesso”, diz a empresária Clemilda Thomé.

A mente pode atrair novas ideias e caminhos, por isso, é importante ter fé em si e acreditar fielmente nos objetivos e lutar para alcançá-los. “Independentemente da religião, a credulidade é um aliado extraordinário na realização das metas, não apenas no sentido financeiro, mas também na satisfação e no orgulho de conquistar o sonho e o legado deixado”, conclui Clemilda.

Acompanhe nosso blog e as redes sociais, pois publicamos conteúdos diariamente e temos opiniões de diferentes especialistas. Dessa forma, você se destaca no universo corporativo. Conte com o Nube!

E você, está na hora de mudar de atividade?

Seja nosso seguidor no Twitter (@nubevagas) e veja notícias diárias de ações, vagas de estágio e aprendizagem, palestras e muito mais. Assista nossos vídeos de dicas no YouTube e participe da nossa página no Facebook. Agora estamos também no Instagram e no Linkedin. Esperamos você em nossas redes sociais!

O Nube também oferece cursos on-line voltados para a qualificação profissional de estagiários e aprendizes. Basta acessar o link www.nube.com.br/ead. Todos os serviços para o estudante são gratuitos. Já instalou nosso aplicativo "Nube Vagas" em seu celular? Com ele você será notificado a cada nova oportunidade. Disponível na Apple Store e Play Store.

Compartilhe