Diante das incertezas provocadas pela pandemia da Covid-19, muitas companhias precisaram adotar o regime de home office por tempo indeterminado. Dessa maneira, o estresse emocional e as necessidades de adaptação deixam as pessoas desorientadas. Nesse cenário, a liderança tem um papel decisivo para manter a produtividade, a motivação e os resultados! Assim, leia a matéria e veja dicas estratégias.

Na visão de Maísa Frota, especialista em RH, de Manaus (AM), investir no treinamento dos gestores é essencial. “O líder é o principal elo entre o RH e o colaborador. Um supervisor bem preparado desenvolve o funcionário juntamente à empresa, já o despreparado adoece o time”, explica.

União

Assim, em um momento de crise, contar com as habilidades e o apoio dos diretores é a melhor saída. Na gestão remota, o dirigente precisa garantir a produtividade do staff, além de motivar os profissionais diante do cenário caótico. Portanto, manter o diálogo é fundamental. O time enxerga o supervisor como referência. Logo, se ele fica nervoso ou demonstra ansiedade, isso é inevitavelmente passado aos geridos. 

“Em nosso comitê de crise interna, decidimos ligar para um mentor a fim de nos dar apoio on-line para construirmos cenários em várias vertentes. Isso nos deu direção, foco e capacidade de guiar outros de maneira estruturada, foi espetacular!”, conta Celso Braga, CEO do Grupo Bridge.

Braga relata ainda sobre como sustento mútuo da equipe gera ações e força para continuar. “Até um happy hour virtual foi sugerido. Afinal, a gente se isola socialmente apenas no espaço físico, mas podemos nos manter juntos no virtual e no coração”, afirma.

Ferramentas

A tecnologia é uma grande aliada em tempos de quarentena. Assim, o gestor pode fazer uso de ferramentas para realizar reuniões virtuais periódicas, por exemplo. O ideal é ter pautas pré-definidas e marcar um horário específico, sem pegar as pessoas de surpresa. 

Além disso, o Trello serve para organizar e monitorar o andamento das demandas de cada membro do time. O sistema permite trabalhar com mais colaboração e ter mais produtividade por meio de quadros, listas e carões. Dessa forma, pode-se priorizar projetos e ter uma orientação sem cobranças excessivas.

É necessário agir!

Portanto, vale a pena verificar como os coordenadores estão se organizando para dar apoio aos colaboradores. É hora de considerar os aspectos mais humanos na busca por resultados. Se houverem decisões duras, elas precisam ser comunicadas com empatia. “Neste cenário nenhuma solução está pronta. Podemos pensar nela juntos, nos movimentar construindo cenários e nos apoiando, mesmo à distância”, recomenda o CEO.

A perspectiva ainda é de médio prazo para a crise. Novas formas de lidar com o trabalho, nos preservar, usar nosso potencial para dar respostas novas ao desafio presente precisam ser rapidamente desenvolvidas. Dessa maneira, necessitamos saber nos manter saudáveis e ampliar nossos conhecimentos. Esse equilíbrio pode nos permitir viver o momento com as melhores condições.

Conteúdo especial

Quer ler mais conteúdos como esse? Então, fique de olho nas atualizações aqui do blog! Estamos produzindo textos voltados para a situação atual pensando em dicas para você e sua equipe. Na seção "Dicas para Gestores", você encontra recomendações mais específicas de liderança. Mantenha-se informado a fim de dar o melhor suporte para o seu time! Aproveite e leia a matéria "Cultura organizacional em tempos de coronavírus".

Conte com o Nube e boa sorte!

Estamos no Linkedin com mais dicas e matérias focadas para gestores.

Se você tiver dúvidas sobre a contratação de estagiários e aprendizes, solicite um contato da nossa equipe.

Interessado em aprender mais? O Nube também oferece cursos on-line voltados para a qualificação profissional de gestores, estagiários e aprendizes.

Compartilhe