A pandemia do novo coronavírus fez startups de tecnologia pelo home office como uma maneira de diminuir a velocidade da disseminação da doença. Em muitos estados, a quarentena já foi estabelecida, visto o Ministério da Saúde recomendar a liberação dos funcionários para trabalharem de forma remota. 

A fintech Juno, sediada em Curitiba (PR), estabeleceu o trabalho remoto para toda a equipe desde a semana passada. “Em um primeiro momento, a ideia não era obrigar todos os funcionários a fazerem isso, mas como mais de 70% da operação se sentiu mais confortável dessa forma, optamos por dispensar. Afinal, é possível realizarmos todas as rotinas e demandas por meio do computador devido à tecnologia. Então, antecipamos para testar e mapear os possíveis problemas antes da imposição da quarentena”, explica a head de gente e cultura, Thamira Machado. 

Empresas aderindo

O processo para a readaptação da equipe na atuação a distância também foi feita pelo Ebanx. Além de manter seus quase mil funcionários em casa desde o início da semana, adotou um pacote de medidas mínimas. Alguns deles são: suspender viagens internacionais e nacionais, bem como fazer comunicados periódicos sobre a pandemia nos canais internos da empresa visando preservar a saúde de seus colaboradores. 

Com mais de 800 funcionários, a MadeiraMadeira, loja virtual de móveis, também optou por manter seus funcionários em regime home office, diminuindo as chances do contato com pessoas contaminadas com o COVID-19. De acordo com Thamira, a necessidade de adaptação é rápida, mas todos precisam ter o comprometimento de continuar entregando e realizando suas tarefas planejadas.

“A maior diferença, acredito, será em relação à coletividade. Trabalhando em casa, a troca é diferente. Não há contato com as pessoas, o primeiro impacto é esse. É preciso encontrar novas formas de comunicação, usar os recursos de vídeo é uma forma de não se isolar tanto e se sentir menos sozinho em relação ao fato de estar longe da empresa”, completa.

É o caso de Géssica Barone, analista de marketing digital. Ela começou a trabalhar de casa há duas semanas e consegue se organizar bem nas atividades. Para manter o contato com os colegas, realiza chamadas em grupo. “É muito diferente fazer as coisas sem poder virar para o lado e pedir a opinião de um colega na hora, ou mesmo chamar um amigo para almoçar. Felizmente existem ferramentas para fazer reuniões on-line as quais ajudam bastante”, afirma. 

Para contratar à distância, conte com o Nube! Use a opção de vídeo entrevista gravada com questionários e provas on-line a fim de manter os processos seletivos em andamento. Assim, contrate estagiários para atuarem em home office! Você pode supervisionar à distância e manter sua organização estruturada.

Fale com a gente!

Seja nosso seguidor no Twitter (@nubevagas) e veja notícias diárias de ações, vagas de estágio e aprendizagem, palestras e muito mais. Assista nossos vídeos de dicas no YouTube e participe da nossa página no Facebook. Agora estamos também no Instagram e no Linkedin. Esperamos você em nossas redes sociais!

O Nube também oferece cursos on-line voltados para a qualificação profissional de estagiários e aprendizes. Basta acessar o link www.nube.com.br/ead. Todos os serviços para o estudante são gratuitos. Já instalou nosso aplicativo "Nube Vagas" em seu celular? Com ele você será notificado a cada nova oportunidade. Disponível na Apple Store e Play Store.

Compartilhe