Gerenciar um time já é uma missão repleta de desafios, principalmente no contexto atual. Afinal, as novas gerações entram no mercado com força, seus comportamentos são diferentes dos grupos mais experientes e, além disso, a tecnologia já deixou de ser tendência e hoje é realidade. Com tantas transformações, o líder precisa estar atento para garantir a alta performance.

Desafios

Segundo Anessa Caparelli, coordenadora regional da Amcham Goiânia, coordenar em momentos de mudança e em meio à quarta revolução industrial requer adaptações as quais devem ir além da implementação de processos tecnológicos no ambiente corporativo. “É preciso uma modificação de mentalidade e um conjunto de habilidades, técnicas e métodos. Tudo com o objetivo de administrar e potencializar a eficiência do capital humano dentro das companhias”, compartilha.

Agilidade

Nesse sentido, a liderança 4.0 deve estar preparada para enfrentar a agilidade das informações, divergências comportamentais, pressão mercadológica, focar em resultados, mas sem deixar de lado as pessoas. “É preciso potencializar os indivíduos, compreendendo e investindo nas equipes”, orienta a especialista.

Investir no capital humano

Ainda de acordo com ela, saber como desenvolver essa gerência é um importante passo. “Afinal, o crescimento do empreendimento e o sucesso da staff também dependem disso. Sem bons chefes, se torna difícil atingir os escopos da instituição, assim como manter os profissionais motivados”, alerta.

Táticas

Desse modo, algumas estratégias são fundamentais para promover o aprendizado e o aprimoramento de capacidades de gestão, como incentivar o grupo, por exemplo. “Esse é um papel fundamental para quem organiza um setor para criar um ambiente no qual todos tenham confiança para expor seus pontos de vista”, diz Anessa.

Adotar uma visão mais flexível

Outro ponto destacado pela especialista para valorizar o aprimoramento de quem vai liderar é a empatia. “Quem não se coloca no lugar de seus colaboradores normalmente não consegue compreender suas angústias ou interesses e, por consequência, não atenderá as necessidades do coletivo”, alerta.

Hierarquia tradicional

Além disso, conforme apontado por Anessa, é essencial descentralizar o poder. “Chefes inseguros gostam de manter o comando em suas mãos, então concentram todas as demandas e exigem controle absoluto de todas as tarefas. Entretanto, essa não é uma postura adequada, é importante confiar na equipe, atribuindo-lhe responsabilidades”, constata.

Diálogo

Um ponto de destaque é relacionado à comunicação. Sobre isso, a coordenadora regional diz: “também é um dos tópicos mais importantes nesse exercício. Todos precisam se expressar de forma eficaz para engajar e alinhar a área na busca por bons resultados. Além disso, uma boa interação previne erros, conflitos e outros empecilhos”.

Valorização

Caparelli comenta: “em muitas empresas, os colaboradores não sentem reconhecidos por seus superiores imediatos”. Alguns estudos confirmam isso. De acordo com uma pesquisa da Towers Watson, o desempenho de um indivíduo aumenta em cerca de 60% quando é valorizado por seu supervisor. “Assim, um simples elogio pode fazer toda a diferença e inspirar bons resultados para todos”, completa.

Seja referência

Por fim, é essencial o líder ser um exemplo a ser seguido, mostrando, por meio das próprias atitudes, como as coisas devem ser feitas. “Ele é um verdadeiro protagonista. Os outros observam suas ações diárias e replicam, mesmo de forma inconsciente. Nesse sentido, é cada vez mais determinante o gestor assumir uma postura admirável, mostrando de forma prática o esperado de todos os contratados”, compartilha.

No estágio

Leandro Andrade, estudante de psicologia na PUC de Campinas, estagia em uma companhia onde a cultura organizacional é inovadora e defende os pontos apontados pela especialista. “Ter uma liderança moderna permite a mim e a meus colegas uma aproximação maior com a visão e missão da companhia. Por isso, conseguimos entregar mais e melhor”, conclui.

Por isso, fique de olho nesse tema e siga os pontos para ter resultados extraordinários. Conte sempre com o Nube!

Estamos no Linkedin com mais dicas e matérias focadas para gestores.

Se você tiver dúvidas sobre a contratação de estagiários e aprendizes, solicite um contato da nossa equipe.

Interessado em aprender mais? O Nube também oferece cursos on-line voltados para a qualificação profissional de gestores, estagiários e aprendizes.

Compartilhe