Atualmente, é comum ver profissionais constantemente insatisfeitos com sua atuação. Isso se deve ao fato de não encontrarem um sentido claro ou por falta de identificação com a missão da companhia. Como gestores e RH podem lidar com essa situação? Saiba mais!

De acordo com estudo do pesquisador Fredy Machado, 40% dos executivos brasileiros está  infeliz no trabalho e 64% gostariam de fazer algo diferente. Logo, é cada vez mais importante assegurar o bem-estar dos empregados a fim de criar uma relação afetiva e evitar o turnover.

Para Jéssica Macêdo, empreendedora na Lótus Psicologia e Consultoria Organizacional, em Maceió (AL), a estratégia deve começar no processo seletivo. “Precisa ser transparente e mostrar como a empresa funciona, deixando clara a visão e valores”, explica.

Segundo Renato Grinberg, especialista em gestão e liderança, para garantir um maior interesse e engajamento, é válido ressaltar a noção de pertencimento. “O diferencial dos profissionais do futuro em relação às máquinas com inteligência artificial é justamente o senso de propósito o qual transcende o indivíduo e conecta com algo maior”, afirma.

Quem busca constantemente por mudanças tende a ter muita energia e imaginação. Isso não pode ser ignorado.“Um bom gestor deve alocar o colaborador em atividades nas quais ele desempenhe melhor suas competências comportamentais e técnicas, a fim de fazê-lo sentir-se completo. Funções com demanda de criatividade são as melhores, enquanto rotinas padronizadas devem ser evitadas”, finaliza Jéssica.

Assim, valorize os talentos de sua equipe e ajude-os a encontrar a motivação diária. Conte com o Nube e boa sorte!

Estamos no Linkedin com mais dicas e matérias focadas para gestores.

Se você tiver dúvidas sobre a contratação de estagiários e aprendizes, solicite um contato da nossa equipe.

Interessado em aprender mais? O Nube também oferece cursos on-line voltados para a qualificação profissional de gestores, estagiários e aprendizes.

Compartilhe