Administrar suas finanças é uma tarefa fundamental. Afinal, ninguém gosta de perder o controle e acabar endividado, não é mesmo? Justamente por isso, é imprescindível procurar maneiras de se educar e policiar para evitar gastos desnecessários e surpresas ao final do mês.

A inadimplência está presente em grande parcela da população. Segundo o Serasa, são 61,8 milhões de brasileiros nessa situação, cerca de 40% do número total de cidadãos. Ainda mais em tempos de crise, a tarefa de gerenciar seus valores de maneira assertiva fica difícil.

Para Thiago Silva, da Maway Global Investments, montar um planejamento financeiro não é difícil, o mais complicado é segui-lo. “Comece, se empenhe, faça acontecer, torne o controle um hábito”, estimula. Pensando em maneiras de ajudar quem busca ser mais organizado nesse quesito, Silva, especialista em finanças, dá algumas dicas.
 
1) Ordene seus rendimentos. Faça uma planilha e coloque sua arrecadação e suas despesas. Até a compra de uma bala deve ser anotada.

2) Monitore seus consumos. Para fazer um corte de dispêndios, é preciso entender os três tipos de gastos: os essenciais, os necessários e os supérfluos. Compreender cada um faz toda a diferença, pois é o ponto essencial para diferenciar as expensas realmente importantes, das quais podem ser eliminadas.
 
3) Poupe desde o primeiro dia de pagamento. Não espere chegar o fim do mês para começar. Separe uma quantia logo de início. Se não sabe como ou onde investir, busque se informar ou conte com a ajuda de um profissional. Uma ideia é guardar inicialmente 5% e ir aumentando a porcentagem com o tempo.
 
4) Pague as suas contas em dia. Fique de olho nas datas de vencimento de seus boletos, e evite a cobrança de juros e multas. Se tiver desconto ao se antecipar ao prazo final, programe-se para isso.
 
5) Evite compras parceladas. Priorize o “à vista”, pois as mensalidades podem se tornar uma verdadeira armadilha.

Isabella Mazieiro cursa administração na PUC (Pontifícia Universidade Católica), em Campinas. Com experiências por meio do estágio, a universitária teve os primeiros passos para sua independência. “Por ainda ser estudante, considero fundamental comandar minhas rendas, pois não sei como será o futuro”, explica. Ainda de acordo com a graduanda, saber classificar o grau de relevância nos seus consumos é imprescindível.

Pronto! Agora, você já tem algumas orientações sobre como começar a salvar uma parte de suas economias. O Nube torce por seu sucesso!

Seja nosso seguidor no Twitter (@nubevagas) e veja notícias diárias de ações, vagas de estágio e aprendizagem, palestras e muito mais. Assista nossos vídeos de dicas no YouTube e participe da nossa página no Facebook. Agora estamos também no Instagram e no Linkedin. Esperamos você em nossas redes sociais!

O Nube também oferece cursos on-line voltados para a qualificação profissional de estagiários e aprendizes. Basta acessar o link www.nube.com.br/ead. Todos os serviços para o estudante são gratuitos. Já instalou nosso aplicativo "Nube Vagas" em seu celular? Com ele você será notificado a cada nova oportunidade. Disponível na Apple Store e Play Store.

Compartilhe