O quanto você incentiva sua equipe? É válido avaliar a questão, pois de acordo com pesquisa da Isma Brasil - International Stress Management Association, 72% dos profissionais estão infelizes com seu trabalho. Logo, é prudente entender quais são as razões de tanta insatisfação e como transformar esse cenário. Leia nesta matéria!

A repetição de atividades gera desânimo e, como resultado, ocorre queda de desempenho. Portanto, o capitão precisa ficar atento e saber agir para evitar essa situação. Quem recebe encorajamento fica mais animado para cumprir as metas do dia a dia. É o caso de Sérgio Menezes, auxiliar administrativo. “Ser motivado traz o sentimento de fazer parte daquilo pelo qual estamos trabalhando. Não apenas vivendo o sonho do outro, mas integrando isso”, afirma.

Por isso, Dilza Taranto, gestora de RH no Rio de Janeiro (RJ), sempre teve a preocupação de engajar seu staff. “Estabelecíamos alvos da gerência e também onde cada integrante iria contribuir, como e até quando. Assim, todos sabiam exatamente o esperado de cada um pela empresa”, conta. Para ela, essa característica é indispensável no chefe. “O papel do líder é inspirar as pessoas, envolvê-las  nos objetivos organizacionais, os quais precisam ser congruentes com as metas da supervisão, seus valores e seu propósito”, explica a coach.

As empresas podem até conseguir resultados sem estimular. Porém, se houver o engajamento e comprometimento do grupo, eles serão extremamente superiores. Assim, Dilza recomenda: “a opção de ter funcionários empolgados é, sem sombra de dúvidas, a mais inteligente”. Assim, veja dicas de como realizar essa missão:

Delegue tarefas de forma justa: observe sempre quem está com mais funções e prazos apertados. Se necessário, redistribua os serviços para equilibrar o conjunto.

Reconheça o esforço dos colaboradores: alguém ficou até tarde para fechar um projeto de urgência? Elogie! Acredite, ouvir um “obrigado pelo bom trabalho e dedicação” pode fazer toda a diferença para alguém.

Tenha empatia: coloque-se no lugar de seus geridos. A quantidade de afazeres e resultados esperados são compatíveis com o tempo e recursos disponíveis? Desafios são válidos, mas eles também precisam ser viáveis.

Seja assertivo: defina propósitos claros e explique bem os padrões para cada demanda. O dirigente precisa manter uma postura contínua se deseja ter a confiança e respeito de seus subordinados.

Invista em high tech: Segundo levantamento global da Unisys, trabalhadores de corporações com tecnologia defasada tendem a se sentir frustrados e são 600% mais propensos a pedir demissão. Por isso, não dá para querer ter uma equipe produtiva com computadores lentos, por exemplo.

Valorize seu time e diminua o turn over. Motivar vale a pena!

Seja nosso seguidor no Twitter (@nubevagas) e veja notícias diárias de ações, vagas de estágio e aprendizagem, palestras e muito mais. Assista nossos vídeos de dicas no YouTube e participe da nossa página no Facebook. Agora estamos também no Instagram e no Linkedin. Esperamos você em nossas redes sociais!

O Nube também oferece cursos on-line voltados para a qualificação profissional de estagiários e aprendizes. Basta acessar o link www.nube.com.br/ead. Todos os serviços para o estudante são gratuitos. Já instalou nosso aplicativo "Nube Vagas" em seu celular? Com ele você será notificado a cada nova oportunidade. Disponível na Apple Store e Play Store.

Compartilhe