Captar e manter bons colaboradores é fundamental para o sucesso de qualquer organização. Afinal, eles fazem a empresa funcionar e alcançar seus objetivos. Investir na seleção é essencial para garantir a formação de um time competente e focado nos resultados. Além disso, manter os funcionários, estagiários e aprendizes satisfeitos é fundamental para evitar a rotatividade e os custos associados à substituição de pessoas.

Trabalhadores felizes tendem a ser mais produtivos, engajados e criativos. Eles se sentem valorizados e reconhecidos pelas tarefas realizadas, aumentando a autoestima e confiança. Isso resulta em um ambiente mais positivo, com menos conflitos e maior conexão entre os colegas. Por outro lado, quando não há essa preocupação, pode-se enfrentar problemas como turnover, baixa produtividade e insatisfação dos clientes.

Esses aspectos podem afetar negativamente a imagem do negócio no mercado e comprometer sua sustentabilidade a longo prazo. Portanto, é importante investir nesse assunto, oferecer salários adequados, planos de carreira claros, benefícios atrativos e um clima saudável e motivador. Dessa forma, é possível criar uma cultura organizacional forte e atrair talentos compatíveis aos valores da corporação.

 

Mantenha sua equipe satisfeita, motivada e engajada sempre

 

Companhias altamente competitivas estão cada vez mais adotando tecnologia e parecem depender menos de recursos humanos. No entanto, essa visão superficial reflete apenas a incerteza elevada nos últimos anos. Contudo, o talento humano é essencial para o sucesso de qualquer empreendimento e será o fator decisivo na competição em todos os setores. As gerações recentes, com sua perspectiva renovada do mundo, impulsionam o desenvolvimento das instituições atuais. Porém, suas aspirações e prioridades diferem significativamente dos mais velhos. Eles valorizam o crescimento rápido, dinamismo, equilíbrio entre vida pessoal e profissional e, acima de tudo, flexibilidade.

Esses jovens são independentes e não temem mudanças. “A questão da rotatividade sempre foi uma preocupação para os gestores e continua sendo. Há uma busca de um propósito, evolução na carreira e liberdade. Além disso, quem tem menos idade avalia a conduta de seus chefes em relação a questões como sustentabilidade, comércio justo e responsabilidade social. O grande desafio é se transformar em um local dinâmico e mutável, onde esses indivíduos tenham voz e oportunidades de engajamento”, comenta a head de people & culture da Biz, Marina Knoll.

Hoje em dia, os desejos da população não se resumem apenas a ganhos financeiros. Embora o dinheiro, oportunidades de promoção, bônus e benefícios façam parte do pacote de atração, outros fatores são mais relevantes. De acordo com dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), o Brasil lidera o ranking em termos de taxa de rotatividade de pessoal. Em 2022, o país registrou uma elevação de 56%, superando França (51%), Bélgica (45%) e Reino Unido (43%). Isso demonstra a necessidade urgente de examinar e implementar estratégias nesse sentido.

Os espaços corporativos não devem ser meramente locais de trabalho. “Em geral, precisam se transformar em centros de convivência, onde se constroem laços sociais, fortalece-se o senso de pertencimento, compartilham-se informações e se gera conhecimento em prol da organização”, explica Marina.

As preferências dos colaboradores mudaram e é preciso estar alerta

 

Devido às diversas mudanças de hábitos, compromissos e prioridades observadas nos últimos anos, é cada vez mais comum as pessoas demonstrarem interesse por benefícios relacionados à saúde. Segundo pesquisa realizada pelo Instituto Ipsos, 61% dos entrevistados buscavam bem-estar no trabalho, com um foco especial na parte mental e prevenção do Burnout.

Para a psicóloga da 3778, Jessica Silva, os novos tempos demandam outras abordagens dos líderes. "O trabalhador e suas necessidades agora ocupam um lugar central nas decisões da área de Recursos Humanos. Logo, é fundamental estar atento às transformações corporativas e se adaptar para oferecer benefícios atraentes e chamar atenção dos melhores candidatos", ressalta Jessica.

Visando auxiliar nessa adaptação, a psicóloga identificou alguns dos pontos mais populares e explicou os motivos de se destacarem. Confira:

 

Cuidados com a saúde mental:

 

Conforme levantamento da 3778, 78% dos casos de afastamento médico ocorridos em 2021 e 2022 estavam relacionados a transtornos mentais. Lamentavelmente, o emprego pode ser uma fonte significativa de estresse, ansiedade e outros problemas emocionais. "Estabelecer políticas e estratégias para cuidar do time não é apenas um benefício, mas muitas vezes se tornou um requisito essencial. Isso inclui a promoção de atividades físicas e meditação, a disponibilidade de acompanhamento psicológico, a implementação de programas regulares de treinamento, entre outros", explica a especialista.

 

Tempo livre:

 

Combinar as demandas pessoais e profissionais sem uma afetar negativamente a outra é um dos desafios mais normais. Ambos aspectos estão interligados, e, portanto, a busca por esse equilíbrio tem ganhado destaque. Atualmente, o conceito de semana de trabalho de quatro dias é bastante debatido, proporcionando às pessoas mais tempo para se dedicarem a si mesmas. A Microsoft realizou esse teste em seus escritórios, com todas as sextas-feiras livres, mas remuneradas. Esse experimento resultou em um aumento de 40% na produtividade, maior felicidade dos membros e redução de diversos custos.

 

Educação financeira

 

Problemas monetários podem gerar um estresse significativo na vida dos cidadãos e, consequentemente, afetar diretamente seu rendimento laboral. De acordo com uma pesquisa realizada pelo Serasa em parceria com a Opinion Box, 86% das pessoas endividadas relataram dificuldades para dormir, 74% enfrentaram dificuldades para se concentrar nas atividades diárias e 61% experimentaram crises de ansiedade ao pensar em suas contas. Portanto, é de extrema importância auxiliar os integrantes a aliviar suas preocupações relacionadas às finanças.

 

Quer saber mais sobre os assuntos em alta, montar um grupo forte e largar na frente dos concorrentes? Em nosso site são publicados conteúdos todos os dias sobre o mundo corporativo. Se você está em busca de um estagiário ou aprendiz para fortalecer ainda mais o seu negócio, entre em contato com o Nube!

Seja nosso seguidor no X (@nubevagas) e veja notícias diárias de ações, vagas de estágio e aprendizagem, palestras e muito mais. Assista nossos vídeos de dicas no YouTube e participe da nossa página no Facebook. Agora estamos também no Instagram, Threads, TikTok e no LinkedIn. Esperamos você nas redes sociais!

 

Conte sempre conosco!

Estamos no Linkedin com mais dicas e matérias focadas para gestores.

Se você tiver dúvidas sobre a contratação de estagiários e aprendizes, solicite um contato da nossa equipe.

Interessado em aprender mais? O Nube também oferece cursos on-line voltados para a qualificação profissional de gestores, estagiários e aprendizes.

Compartilhe