No Brasil, com tamanho desemprego e talentos espalhados, abrir o próprio negócio se torna a opção para muita gente. No entanto, para ser bem sucedido, é necessário ter algumas habilidades e tomar algumas atitudes. Sendo assim, a criação de novas empresas pode ser fundamental para o crescimento do país e o surgimento de novas oportunidades de estágio e emprego.

O empreendedorismo

O empreendedor é caracterizado pela geração de mudanças e impactos. Ele pode ser classificado em vários tipos e isso acontece por conta do comportamento das pessoas. Além disso, o seu sucesso está diretamente relacionado às suas competências para cumprir a função e aumentar as chances de realizar algo.

Saber planejar, formar e manter relacionamentos, inovação e boas ideias são alguns exemplos. No entanto, essas capacidades podem ser aprendidas, desenvolvidas e aprimoradas com estudo e prática. Afinal, não se trata de algo inato, podendo assim, ser trabalhado ao longo do tempo.

Para a sócia e diretora de cultura e times da Troposlab, Marina Mendonça, não depende apenas de nascer com esse potencial. “O cotidiano vai exigir desenvolvimento e aprimoramento de novas aptidões. Muitas vezes, isso explica o resultado de seus projetos”.

Dessa forma, ela elencou as principais características para ser um bom empresário:

infográfico 28-01-22

Autoconfiança: acreditar em você, especialmente na execução de uma tarefa difícil ou ao enfrentar desafios. Conseguir manter suas crenças e opiniões mesmo mediante oposições.

Coragem: saber calcular riscos, avaliar alternativas e possibilidades, manter o controle de uma situação.

Comprometimento: manter comportamentos e esforços vantajosos para a sobrevivência de sua organização.

Persistência: agir perante obstáculos e desafios, variando seu comportamento quando necessário, mas se mantendo firme rumo às suas metas.

Planejamento: preparar atividades, tarefas e objetivos de maneira a estipular prazos de execução.

Busca por aprendizagem: buscar atualização constante de dados e informações sobre clientes, fornecedores e concorrentes.

Oportunidades: identificar ou criar possibilidade com novos produtos e serviços.

Inovação: usar a criatividade para resolver problemas, criando soluções efetivas.

Formação de Rede: estabelecer conexões e conhecer novas pessoas.

Liderança: influenciar indivíduos, reforçando-os positivamente rumo ao destino desejado.

No entanto, é preciso equilíbrio. O excesso em algum desses pontos é prejudicial. “Parece contraditório, mas pode ter impacto negativo. Às vezes acontece uma resistência, até inconsciente, perante as mudanças necessárias. Outro erro comum é insistir em algo com resultado no passado, mas não no presente”, complementa Marina.

Os novos perfis de consumidores

A Covid-19 mudou os hábitos de consumo da população. Atualmente, o e-commerce é extremamente utilizado e o processo de compra é feito de qualquer localidade, sem a necessidade de uma loja física ou de estoque. Sendo assim, quem deseja trilhar o caminho de se tornar dono de uma companhia, precisa estar atento ao público.

De acordo com a pesquisa Tendências de Consumo, da Euromonitor International, 14% dos entrevistados são orientados por promoções e lançamentos. “A experiência da pandemia demandou uma interiorização e fez as pessoas questionarem a importância da compra. É como se isso não fizesse mais sentido para elas”, avalia a CEO da SKS, Stella Kochen.

Em crescimento, com 17%, estão os “aproveitadores destemidos”. Esse segmento reúne quem está preocupado com status e segue as tendências. Também com aumento (15%), os “ativistas empoderados” priorizam autenticidade e questões ambientais. “Eles estão muito atentos aos valores das marcas e a composição dos produtos. São os mais vigilantes no caminho percorrido para a produção e comercialização. As causas são determinantes”, analisa Stella.

Portanto, a sociedade mudou e, atualmente, é preciso estar ligado e atualizado para ter êxito como empreendedor. Se você busca estagiários e aprendizes para te acompanharem nessa jornada, entre em contato com o Nube!

Seja nosso seguidor no Twitter (@nubevagas) e veja notícias diárias de ações, vagas de estágio e aprendizagem, palestras e muito mais. Assista nossos vídeos de dicas no YouTube e participe da nossa página no Facebook. Agora estamos também no Instagram e no Linkedin. Esperamos você em nossas redes sociais!

O Nube também oferece cursos on-line voltados para a qualificação profissional de estagiários e aprendizes. Basta acessar o link www.nube.com.br/ead. Todos os serviços para o estudante são gratuitos. Já instalou nosso aplicativo "Nube Vagas" em seu celular? Com ele você será notificado a cada nova oportunidade. Disponível na Apple Store e Play Store.

Compartilhe