Com a pandemia e o distanciamento social, veio também a preocupação dos empresários em manter as estratégias e resultados atrelados aos eventos corporativos. Segundo a Revista Pequenas Empresas & Grandes Negócios, os investimentos nesse tipo de exposição no país representam 4,3% do PIB Nacional. Por isso também a importância de remodelá-los, para serem mantidos durante a crise sanitária. 

Leandro Reinaux, CEO da Even3, explica a importância desses encontros para a exposição das corporações. “Para os empreendedores em busca de aumentar a credibilidade no mercado, fortalecer a marca, impulsionar negócios, engajar colaboradores e manter relações com comunidades, investidores, fornecedores e até mesmo concorrentes, os eventos são essenciais. A expectativa para 2022 é eles voltarem com força total”, compartilha

Pensando na importância dessas apostas e nos resultados proporcionados por elas para as organizações, o CEO elencou cinco formatos certeiros no mercado.

 1- Summit

Esse tipo de projeto significa “topo” em inglês -, como o nome já diz, busca trazer o melhor e mais atualizado conteúdo da área de atuação da organizadora. “As palestras dos summits normalmente são ministradas por especialistas e o evento propõe uma experiência bastante relevante na carreira dos participantes”, conta. 

Por isso, segundo o especialista, é comum ter como entidades responsáveis marcas de referência no mercado, as quais oferecem conteúdos ricos e uma experiência única, com troca de conhecimentos, networking, benchmark, dados mais recentes do setor e insights estratégicos”, comenta Reinaux.

 2- Feiras

Reúnem diversas organizações em um mesmo ambiente, gerando uma ótima troca de vivências e negócios. “Em tempos de home office, também é possível criar feiras on-line, com o diferencial dos estandes virtuais exibidos em pátios 2D. Há tecnologias adequadas a isso”, explica o CEO.

 3- Lançamentos

Planejado para lançar e divulgar um produto ou serviço, esse tipo de investimento gera um desejo em torno do item lançado. Para despertar interesse, é comum ser propiciada alguma experiência exclusiva para quem participa. “Esse formato é usado para atingir audiência, compradores, imprensa, colaboradores e patrocinadores”, afirma o especialista.

 4- Congressos

Do nacional ao internacional, os congressos são considerados grandes eventos, atraindo pessoas de diversas localidades, em torno de um tema central. Oferecem na programação seminários, workshops e outras atividades. “Essa modalidade reúne pessoas com interesses em comum, desde o público leigo até profissionais especialistas da área, possibilitando um excelente networking, atualização e troca de conhecimento”, avalia Reinaux. 

 5- Convenções

Esse estilo é de grande porte e repercussão, marcado por uma interação mais intensa entre os envolvidos, os quais podem, inclusive, apresentar e vender seus serviços. “Existem diversos modelos, alguns voltados aos próprios colaboradores da companhia, sendo comum entre times de vendas, com a participação de distribuidores e representantes comerciais”, explica. 

Para quem está iniciando na carreira, essa pode ser uma excelente aposta para entrar em contato com quem tem mais experiência e ficar antenado em relação às tendências. Assim, Lucas Silva, estudante de tecnologia da informação, afirma se manter antenado aos acontecimentos, virtuais ou presenciais, para se munir do máximo de informação possível. 

Em busca de uma oportunidade de estágio, ele acredita ser imprescindível estar conectado. "A informação faz parte, literalmente, do nome da minha profissão. Se eu não estiver prestando atenção no mercado, não vou conseguir me tornar referência e isso me preocupa”, conclui o universitário. 

Gostou? Veja 5 dicas para ter um negócio de sucesso

Estamos no Linkedin com mais dicas e matérias focadas para gestores.

Se você tiver dúvidas sobre a contratação de estagiários e aprendizes, solicite um contato da nossa equipe.

Interessado em aprender mais? O Nube também oferece cursos on-line voltados para a qualificação profissional de gestores, estagiários e aprendizes.

Compartilhe