Por muito tempo, a satisfação no ofício vinha da ideia de estabilidade no emprego. Todavia, com as mudanças comportamentais das novas gerações, atualmente encontramos um novo cenário do mercado: o alinhamento entre os propósitos da empresa com os do empregado. Nesse sentido, como atrair e reter profissionais tão qualificados a ponto deles escolherem sua marca e não mais o contrário?

Atente-se a toda trajetória do contratado na sua empresa

Segundo pesquisa feita pela Deloitte, quem trabalha com paixão exibe três comportamentos: desejo de causar impacto onde atua, busca de desafios para melhorar seu desempenho e luta para construir relacionamentos. “Uma forma para garantir esse engajamento é por meio da comunicação interna e do endomarketing”, explica Igor Vazzoler, fundador e CEO da Progic, líder em comunicação via TV corporativa no Brasil.

Nesse sentido, no livro “A Experiência do Colaborador - da atração à retenção: como o endomarketing pode tornar única cada etapa da jornada do colaborador”, a autora Analisa de Medeiros Brum, destaca o trajeto do relacionamento com o funcionário a partir do de sua entrada. Percurso o qual é dividido em seis etapas. Veja:

Atração

Segundo o especialista, para este ponto é muito importante dar atenção à construção dos valores internos, o impacto do serviço ou produto na comunidade e a transparência de informações. “Companhias com uma estratégia de branding bem elaborada e consolidada já saem na frente”, diz.

Recrutamento e seleção

Ao contrário do pensamento de muitos, o primeiro contato entre o candidato e a entidade precisa ser muito bem estruturado. “As primeiras impressões ficam. Portanto, ao receber um talento para as vagas abertas, planeje bem a entrevista, fale sobre a oportunidade, apresente a marca e não esqueça do feedback ao final do processo, seja ele positivo ou não”, complementa o fundador.

Contratação

Ao admitir um novo cooperador, é imprescindível garantir a mesma empolgação da primeira semana durante toda sua evolução na instituição. “Assim como destaca Analisa, conseguir uma chance no mercado traz entusiasmo. O profissional sente-se apreciado, digno de confiança e vislumbra crescer, ou seja, é o início de um novo ciclo da vida”, analisa o CEO.

Integração

Esse é o período conhecido como onboarding - podem ser dias, semanas ou até meses, dependendo da corporação. Nessa hora, é preciso oferecer o apoio da liderança e treinamentos para não só conquistar esse integrante, mas obter bons resultados nas suas entregas.

Retenção

É muito comum em qualquer relacionamento as coisas se tornarem monótonas. Por isso, é necessário trazer ações inovadoras as quais despertem o brilho no olhar de cada um, mesmo com o passar do tempo.

“Na cultura da CI&T, o poder de escolha é parte de quem somos e isso se reflete, inclusive, nos nossos escritórios. Desde o começo da pandemia, trabalhamos incansavelmente para dar o suporte necessário aos nossos times na operação a distância - e aprendemos muito sobre contribuição digital e resiliência. Não seria diferente agora: continuaremos a promover uma conduta positiva na qual a decisão individual importa”, afirma a head de people da CI&T, Carla Borges.

Desligamento

Quando um contratado deixar a companhia, seja por quaisquer razões, é importante ser um “término” amigável. “Um desligamento conturbado afeta não só as partes envolvidas, como também os colegas próximos. Então, para demonstrar respeito, é legal ter um processo pensado estrategicamente para isso”, finaliza Vazzoler.

Portanto, valorize seu time antes, durante e depois de entrar na sua entidade. Continue acompanhando nosso blog e as redes sociais, pois publicamos conteúdos diariamente e contamos com a participação de diferentes especialistas. Assim, você destaca seu negócio em meio ao mundo corporativo. Conte com o Nube!

Estamos no Linkedin com mais dicas e matérias focadas para gestores.

Se você tiver dúvidas sobre a contratação de estagiários e aprendizes, solicite um contato da nossa equipe.

Interessado em aprender mais? O Nube também oferece cursos on-line voltados para a qualificação profissional de gestores, estagiários e aprendizes.

Compartilhe