Nos últimos tempos, estamos sendo impactados constantemente por notícias alarmantes sobre saúde mental. A Organização Mundial da Saúde (OMS) criou um Código Internacional da Doença (CID) específico para o burnout (estresse crônico motivado por questões relacionadas ao trabalho), o qual estará vigente a partir de 2022, e também previu a depressão como a doença mais incapacitante do mundo agora em 2020.

A saúde emocional é a chave para o sucesso empresarial

Muitos fatos já comprovaram a importância e o benefício de se investir em prevenção de doenças mentais. A cada um dólar aplicado em tratamentos preventivos, quatro retornam em forma de produtividade e engajamento no trabalho, ainda de acordo com a OMS.

Olhando para o recorte específico de ambientes corporativos, percebe-se a grande dificuldade de atuar preventivamente devido ao tabu relacionado ao tema. “O estrago é indiscutível: para o próprio colaborador, para a corporação e para a economia como um todo. Doenças como ansiedade e depressão custam um trilhão de dólares, ao ano, para a economia global por causarem perda de rendimento dos trabalhadores”, explica a fundadora e CEO da Hisnëk, Carolina Dassie.

A pandemia colocou um holofote no tema e para as companhias sem essa preocupação anterior, esse foi o momento propício para tal cuidado ser implantado. No entanto, como fazer isso se justamente, agora a situação financeira de muitas corporações é super desafiadora?

Nesse sentido, a CEO elencou algumas dicas de como começar esse movimento sem haver dispêndio de orçamento. Veja:

Escuta empática

Muitas vezes o colaborador precisa simplesmente de empatia e escuta ativa. Sentar-se com frequência com o time, sem celular, só para ouvir e acolher. Esta é uma ação de baixa complexidade e simples para ser colocada em prática. Por isso, é importante estar na agenda do líder para ser feita com regularidade. Além do mais, deve haver 100% de sigilo sobre tudo conversado ali. Isso criará um ambiente confiante, resiliente e seguro para os cooperadores e será o início de uma cultura de espaço aberto para se falar sobre saúde emocional.

Incentivar práticas sociais coletivas para trazer propósito no cotidiano dos colaboradores

Quando os funcionários atuam como uma equipe, com um propósito comum de ajuda ao próximo, percebe-se não somente uma maior coesão, mas também há comprovações científicas de ações solidárias nos ajudarem a estarmos mais saudáveis mentalmente. Então, que tal fazer uma campanha de doação coletiva para alguma instituição necessitada?

Criar um ambiente de descontração e diversão no seu time

Inserir momentos de interação para trocar ideias e se divertir é essencial para um espaço laboral agradável, para estimular o engajamento e motivação. Mesmo distantes isso é possível virtualmente. Ou seja, use a tecnologia a seu favor.

Pertencimento e reconhecimento

Elogiar, é uma grande palavra-chave. Então, valorize as tarefas bem executadas, pois cada um dos empregados faz parte de uma engrenagem maior. Sentir-se parte do grupo, de uma entrega superior, é bom e também colabora com a auto-estima e motivação da galera.

Saber com quem contar

Criar processos estruturados para o contratado saber para quem pode pedir ajuda caso haja necessidade traz grande segurança e conforto emocional. Contudo, é preciso ter constância e coerência.

Diante das incertezas e dúvidas, a maioria dos indivíduos sente uma certa perda de controle em situações do dia a dia. “Apesar da distância física, novas conexões estão sendo feitas e uma comunidade ainda mais forte está sendo construída todos os dias. Em especial, agora, temos de cuidar de nós mesmos para continuarmos a ajudar uns aos outros. Lembrem-se de reservar um tempo para si e reconhecer a importância do bem-estar mental na saúde geral”, finaliza a Chief People Officer na Pegasystems, Adriana Bokel Herde.

Sua empresa já está tomando esses cuidados?

 

Estamos no Linkedin com mais dicas e matérias focadas para gestores.

Se você tiver dúvidas sobre a contratação de estagiários e aprendizes, solicite um contato da nossa equipe.

Interessado em aprender mais? O Nube também oferece cursos on-line voltados para a qualificação profissional de gestores, estagiários e aprendizes.

Compartilhe