O mercado de trabalho está cada vez mais dinâmico e requer novas competências em uma velocidade na qual as universidades nem sempre dão conta de atender. Entretanto, esse não é o único motivo para os diplomas perderem o protagonismo no processo de seleção. Mesmo assim, os títulos não serão dispensáveis, mas as visões se expandirão para além deles.

Novos cenários

De acordo com uma publicação do Fórum Econômico Mundial 2019 – The Future of Jobs,  já em 2020 haverá uma mudança de 35% das habilidades demandadas nas ocupações do mundo dos negócios. Na prática, destacam-se aquelas capacidades essenciais a todos os indivíduos com o desejo de serem bem-sucedidos, independentemente da área.

No estágio

Marcela Neves estuda engenharia civil na Unigranrio e já estagia. Na companhia onde atua, valorizam as soft skills como parte do processo de aprendizado. “Ainda estou na faculdade e, portanto,  ainda não tenho total domínio teórico. Por isso, a equipe desenvolve a interação com os colegas e também a gestão socioemocional”, compartilha.
     
Impacto no recrutamento

Vemos, portanto, selecionadores atentos a características até pouco tempo negligenciadas quando se examinava currículos ou perfis no Linkedin. “De hoje em diante e cada vez mais, determinados aspectos serão cobiçados dentro das organizações”, diz a CEO da HSD, Susana Falchi, consultora de Recursos Humanos. Ela destaca oito competências avaliadas no candidato ideal.  São elas:
    
1. Comunicação
Transmitir ideias com desenvoltura é essencial, mas a coerência entre o discurso e a ação também conta pontos. Além disso, a objetividade, saber escutar e desenvolver pensamento crítico estão dentro da definição de um bom comunicador.
    
2. Negociação
Relacionar-se com pessoas é uma constante transação. Por isso, esse ponto é essencial em um bom profissional. Além de ajudar na administração de conflitos, conciliação de diferenças é demanda de qualquer setor.
    
3. Liderança
O carisma necessário para envolver e motivar as pessoas, bem como detectar e desenvolver potenciais da equipe, faz toda a diferença. A gestão também envolve tomada de decisão e assertividade.
    
4. Conduta ética
Lealdade, transparência, confiabilidade e respeito às pessoas, além de inclinação para ajudar o outro são requisitos muito bem vistos.
    
5. Abraçar uma causa
O envolvimento com o labor para além da remuneração é extremamente importante para desencadear um ciclo envolvendo iniciativa, entusiasmo e vibração. É vital gostar de suas atividades.
    
6. Inteligência emocional
Capacidade de exercer suas tarefas sob pressão, resistência à frustração e maturidade para resolução de questões complexas são qualificações tão indispensáveis quanto as técnicas.
    
7. Ser flexível
Facilidade de se adaptar às mudanças e rever pontos de vista, abertura para receber críticas e ideias diferentes. Criar ou usar diferentes conjuntos de regras para combinar ou agrupar as coisas de outras maneiras e buscar soluções inovadoras também fazem parte das verificações.
    
8. Criatividade
Muito ligada à flexibilidade e sem a qual é impossível criar, é uma característica desejável para intuir e pensar fora da caixa.

Por isso, estimule o aprimoramento desses quesitos para ter sucesso em sua jornada. Quer ver mais dicas? Acesse aqui.

Seja nosso seguidor no Twitter (@nubevagas) e veja notícias diárias de ações, vagas de estágio e aprendizagem, palestras e muito mais. Assista nossos vídeos de dicas no YouTube e participe da nossa página no Facebook. Agora estamos também no Instagram e no Linkedin. Esperamos você em nossas redes sociais!

O Nube também oferece cursos on-line voltados para a qualificação profissional de estagiários e aprendizes. Basta acessar o link www.nube.com.br/ead. Todos os serviços para o estudante são gratuitos. Já instalou nosso aplicativo "Nube Vagas" em seu celular? Com ele você será notificado a cada nova oportunidade. Disponível na Apple Store e Play Store.

Compartilhe