Quem vai prestar um vestibular concorrido precisa de um bom preparo. Para melhorar o rendimento, a receita é simples: a sistematização dos estudos. Não adianta focar de 3h a 4h seguidas a mesma matéria, como é hábito dos jovens. Isso só serve para se esgotar e não possibilita ver todo o conteúdo. Veja alguma dicas saudáveis!

Para esses exames todas as disciplinas são importantes. “Quem for tentar engenharia, por exemplo, não adianta ver só matemática e física. Afinal, se reprovar em química e biologia, não vai entrar na faculdade. É melhor saber um pouco de tudo!”, afirma Renato Ribas Vaz, professor aposentado da Universidade Federal do Paraná.

Qual a saída?

Assim, a ordem é clara: estudar sistematicamente as mesmas matérias das aulas do dia. Ou seja, se teve 50 minutos de história, deve-se rever o mesmo período dos ensinamentos no contraturno. Quando o despertador tocar, pula para a próxima categoria, mesmo não tendo terminado todos os exercícios. No fim de semana, complementa os assuntos de maior dificuldade e faz uma boa leitura, para se preparar para a redação.

Aparelhos desligados!

O computador, telefone, rádio e a música são ferramentas com alto potencial para atrapalhar o bom andamento dessa rotina. “Se um vestibulando está de olhos nos livros e escutando seus hits preferidos, mesmo se não prestar atenção na letra, o subconsciente a  processará. Quando o som parar, a tendência é fugir dos afazeres e perder a concentração”, explica.

Entretanto, ao terminar a revisão é indicado jogar, conversar, pode (e deve) ler um jornal, uma revista, assistir ao noticiário. Isso porque os conhecimentos gerais também são avaliados. Dormir de sete a oito horas por noite é outra recomendação importante, além de fazer esportes e atividades físicas. “Isso dará forças para o jovem suportar a carga diária de e as 5h de prova no vestibular”, incentiva Ribas.

Ajuda de profissionais

Caso o aluno esteja com dificuldade em se organizar, o coordenador do Curso Anglo, Daniel Perry, reforça o quanto é válido procurar a ajuda de especialistas para orientar a controlar a ansiedade. “Em geral o psicólogo vai estimular uma autoanálise. Assim, o estudante entende melhor a si próprio, suas habilidades e seus limites, desenvolvendo uma postura mais racional e serena”, garante.

Para quem quer ver mais conselhos, outro conteúdo de nosso blog pode auxiliar: Como estudar melhor para o vestibular?

Boa sorte!

Seja nosso seguidor no Twitter (@nubevagas) e veja notícias diárias de ações, vagas de estágio e aprendizagem, palestras e muito mais. Assista nossos vídeos de dicas no YouTube e participe da nossa página no Facebook. Agora estamos também no Instagram e no Linkedin. Esperamos você em nossas redes sociais!

O Nube também oferece cursos on-line voltados para a qualificação profissional de estagiários e aprendizes. Basta acessar o link www.nube.com.br/ead. Todos os serviços para o estudante são gratuitos. Já instalou nosso aplicativo "Nube Vagas" em seu celular? Com ele você será notificado a cada nova oportunidade. Disponível na Apple Store e Play Store.

Compartilhe