Vivemos em um mundo, o qual se renova diariamente. O ambiente organizacional não é diferente e por tantas multiplicidades, comporta indivíduos de diferentes gerações. Essa realidade impacta diretamente na produtividade e resultado das organizações. Tirar de cada um seu maior potencial é o principal desafio, concorda? Pensando nisso, fizemos uma pesquisa com a seguinte questão: “como você lida com pessoas de variadas idades no trabalho?”. Veja o resultado!



O levantamento ocorreu com 31.051 indivíduos de todo o Brasil e a grande maioria, 80,67%, ou 25.048 votantes, disseram: “para mim é ótimo, sempre aprendo com todos”. Para Everton Santos, analista de treinamento do Nube, estimular o aprendizado em conjunto tem um efeito muito positivo por conta das diferentes visões frente a um único obstáculo. “Quando a equipe é coesa, o ambiente é agradável para trabalhar. Faixas etárias diversas trazem olhares distintos para o mesmo negócio ou objetivo, ampliando as oportunidades de melhoria e inovação. É fundamental estabelecer uma cultura inclusiva”, reforça.

“Cresço muito com quem tem mais experiência” foi a resposta de 17,75% (5.512). De fato, os mais vividos são vistos como exemplos dentro das corporações. “Quando acolhidos se tornam uma potência na disseminação de conhecimento. Os seniores geralmente possuem uma capacidade de análise bem desenvolvida e apresentam soluções com base nos ensinamentos obtidos anteriormente”, explica o especialista.

Há também quem prefira os novatos. Assim, 0,39% (122) comentaram: “prefiro atuar com os mais jovens, sempre são mais dispostos”. Interagir com os novos significa contar com a pluralidade de pensamento. Afinal, eles já nasceram conectados, portanto têm facilidade no manuseio das tecnologias e capacidade de realizar várias ações simultaneamente. “No imaginário das pessoas, a juventude está alheia à realidade, pois vive on-line. Contudo, na maioria dos casos, utiliza os recursos da web como forma de otimizar o tempo e render mais”, afirma Santos. Por isso, o papel dos demais é auxiliar esses colaboradores a terem disciplina e concretizarem as tarefas e projetos.

Na contramão da boa convivência, 0,90% (279) desabafaram: “quem tem a minha idade muitas vezes é imaturo e fujo deles” e 0.29% (90) alegaram: “tenho dificuldades de conviver com pessoas mais velhas”. Para quem tem esse problema, o diálogo claro e objetivo é a melhor forma de manter a relação. “Por intermédio da empatia, é possível compreender as necessidades do outro e flexibilizar a conversa a fim de fornecer um feedback assertivo”, enfatiza.

Cada geração possui vivências latentes e isso reflete em suas ações. "Portanto, é essencial ter inteligência emocional para lidar com esses comportamentos distintos”, finaliza o analista.

Você lida como com quem está ao seu redor? Sabe trabalhar em equipe? Leia nossas matérias e entenda um pouco melhor sobre a importância dessas características.

Conte conosco!

Seja nosso seguidor no Twitter (@nubevagas) e veja notícias diárias de ações, vagas de estágio e aprendizagem, palestras e muito mais. Assista nossos vídeos de dicas no YouTube e participe da nossa página no Facebook. Agora estamos também no Google+Instagram e no Linkedin. Esperamos você em nossas redes sociais!

O Nube também oferece cursos on-line voltados para a qualificação profissional de estagiários e aprendizes. Basta acessar o link www.nube.com.br/ead. Todos os serviços para o estudante são gratuitos. Já instalou nosso aplicativo "Nube Vagas" em seu celular? Com ele você será notificado a cada nova oportunidade. Disponível na Apple Store e Play Store.

Compartilhe