Principalmente com a chegada da Covid-19, o e-commerce cresceu expressivamente e o jeito de comprar dos brasileiros mudou para a web. Segundo a pesquisa E-Shopper Barômetro 2021, 63% da população conectada à Internet faz aquisições on-line, esse volume aproximadamente dobrou desde 2019. Além disso, o número de lojas virtuais no país também aumentou e, no ano passado, ultrapassou 1,5 milhão. Sendo assim, descubra como converter mais clientes por meio de estratégias para turbinar as vendas. 

Saiba como utilizar da Internet a favor do seu negócio 

Uma coisa é certa: com a transformação digital, as empresas passaram a investir nesse ambiente não só como forma de comercializar, mas também de alcançar novos públicos, de modo a ampliar sua divulgação e comunicação. Entretanto, esse cenário também trouxe muita concorrência e agora o maior desafio é se destacar competitivamente para atrair a atenção dos internautas. 

Consoante à Carolina Branchi, diretora de integrações da Dinamize, é preciso delimitar estratégias para conseguir alcançar o sucesso on-line. “O primeiro passo é a captação de novos contatos. Como fazer isso? O ponto de conversão é um ótimo caminho. Para isso, os formulários de cadastros e os pop-ups (janela secundária no site, exibida conforme a navegação do público) são mecanismos muito utilizados. Por meio deles é possível solicitar nome, e-mail e a partir daí disparar uma mensagem de boas-vindas com um desconto ou algum outro benefício”, afirma. 

Dessa maneira, esses novos contatos receberão mercadorias direcionadas, bem como recados específicos. Em um mundo mais moderno, plataformas de automação conseguem mensurar os cliques tanto das mensagens eletrônicas quanto os advindos da página da corporação. A partir disso, os serviços são enviados de acordo com o interesse do usuário, tornando essa jornada mais assertiva. 

Para Carolina, existem outras táticas essenciais também, como recuperar o carrinho abandonado. “De forma recorrente, muitas pessoas se esquecem de comprar os produtos ou simplesmente na hora de efetuar o pagamento ficam na dúvida se querem mesmo os itens lá selecionados e não concluem o processo. Então, uma maneira de ajudar na efetivação da compra é enviar um e-mail relembrando”, pontua. 

- A importância das ações pós-venda:

“Tão importantes quanto as vendas são as ações adotadas depois de executadas”, pontua a especialista. Em uma panorama, isso trará para a organização o entendimento de como foi a compra, a entrega e o suporte de maneira geral. Dependendo do produto, uma notificação com informações sobre como utilizá-lo também é uma ótima alternativa. “Para aqueles produtos comprados novamente depois de um tempo, encaminhar um e-mail dizendo como ele está acabando e alertando a hora de comprar mais pode ajudar a manter o relacionamento”, destaca Carolina. 

- Lembre de datas importantes de seus clientes:

A lembrança de aniversários e também de datas especiais é uma estratégia fundamental. “É preciso ter uma comunicação personalizada e com alternativas diferentes para o cliente entrar em contato para comprar. Porque, mesmo com o avanço do e-commerce, as pessoas querem falar com o atendimento, principalmente no WhatsApp”, indica Carolina. Então, aquele lembrete de “chame agora nosso SAC para saber mais sobre o nosso produto” pode facilitar a aquisição por parte do usuário. 

Portanto, mesmo com todas essas ações, cada passo deve ser analisado e mensurado, pois isso permite saber se está no caminho certo ou onde estão as falhas para serem alteradas, de modo a gerar insights sempre em busca de melhorias e sucesso. “Toda estratégia necessita de um tempo para ser testada e todo consumidor precisa sentir como aquele comunicado é para ele”, conclui Carolina. Todavia, conheça mais métodos de se destacar no ambiente virtual. 

Você já sabe o que é live commerce? Conheça 3 dicas! 

Em primeira instância, vamos entender melhor sobre essa concepção. O live commerce, também conhecido como compras ao vivo, é utilizado pelas marcas para promover seus produtos por meio de transmissões em tempo real por intermédio das plataformas digitais, como o Instagram. Em geral, é uma colaboração entre empreendimento e influenciadores, de modo a atingir alvos bem nichados. É uma forma de negociar unindo o streaming e o comércio eletrônico, com o diferencial da interação entre vendedor e consumidor. 

“Esse contato direto com o público é importante, porque aumenta o engajamento e consequentemente as vendas. Porém, para alcançar os resultados pretendidos, é preciso apostar em algo novo e planejar a live conforme os objetivos do negócio”, comenta Alexandre Nogueira, CEO e fundador da Universidade Marketplaces. Com isso em mente, Nogueira separou algumas recomendações a fim de ajudar os lojistas a se destacarem. Veja:

1) Defina sua estratégia:

Antes de fazer uma live, você precisa definir quais são os propósitos dela e estudar o público para conseguir atingi-lo. “Os objetivos podem ser diversos, como maior reconhecimento para a marca, lançamento de novos produtos, promoções para aumentar as vendas no geral ou até mesmo movimentar mercadorias paradas”, salienta Nogueira. Depois dessa definição, fica mais fácil traçar as estratégias de divulgação, escolher a plataforma a ser usada, o apresentador e o conteúdo trabalhado. 

2) Desperte desejo e necessidade:

Quando o instituto da ação é impulsionar o faturamento, uma das táticas essenciais é fazer os internautas sentirem necessidade de adquirir. Por isso, durante a transmissão ao vivo, garanta exemplos por parte do mediador, demonstrando as formas de uso e seus benefícios. “A maneira como o produto é apresentado faz toda a diferença. Nessa hora, o item pode ser anunciado de forma descontraída, envolvendo uma história e até mesmo proporcionando algum tipo de identificação no público, a partir de uma experiência, compartilhada com quem está assistindo à live. Isso deixa as pessoas mais atraídas e o desejo de compra aumenta”, explica o CEO.

3) Ofereça benefícios e ofertas exclusivas:

A oferta de circunstâncias exclusivas para aqueles presentes na live é uma das formas mais eficazes de elevar as aquisições. Durante a difusão, anuncie descontos, promoções relâmpago e links de pagamento com prazo de expiração. “Descontos e benefícios são essenciais para liberar gatilho nos clientes e é justo oferecer condições diferenciadas, elas facilitam a tomada de decisão e o alcance das metas”, finaliza Nogueira.

Portanto, para ficar por dentro das tendências corporativas bem como ter acesso a todas as novidades, o Nube é seu aliado! Continue acompanhando nosso blog e conheça as redes sociais, pois diariamente compartilhamos conteúdos com opinião de inúmeros especialistas. Por fim, não se esqueça: conte sempre conosco!

Seja nosso seguidor no Twitter (@nubevagas) e veja notícias diárias de ações, vagas de estágio e aprendizagem, palestras e muito mais. Assista nossos vídeos de dicas no YouTube e participe da nossa página no Facebook. Agora estamos também no Instagram e no Linkedin. Esperamos você em nossas redes sociais!

O Nube também oferece cursos on-line voltados para a qualificação profissional de estagiários e aprendizes. Basta acessar o link www.nube.com.br/ead. Todos os serviços para o estudante são gratuitos. Já instalou nosso aplicativo "Nube Vagas" em seu celular? Com ele você será notificado a cada nova oportunidade. Disponível na Apple Store e Play Store.

Compartilhe