Nos últimos anos, o mundo passou por uma forte transformação em todas as áreas. A maneira de trabalhar foi uma das mudanças mais significativas desse período. Novas competências são avaliadas, outros benefícios são levados em consideração e muita gente atua de dentro da própria residência. Dessa forma, estagiários, funcionários, aprendizes e dirigentes precisam se adaptar a essa realidade para se desenvolverem profissionalmente.

A busca por carreiras digitais

Com o avanço tecnológico, a disputa por integrantes desse setor cresceu. Segundo dados do relatório da Associação Brasileira das Empresas de Tecnologia da Informação e Comunicação - Abrat, o déficit de trabalhadores com esse perfil pode chegar a 260 mil até 2024. Esse cenário é uma oportunidade para novas pessoas se profissionalizarem nesse segmento.

A busca por cursos relacionados a carreiras digitais também alavancou, de acordo com levantamento realizado pela Gama Academy. Na comparação entre o último trimestre de 2021 contra o 1º trimestre de 2022, a adesão de novos alunos aumentou: só para a área tech, o salto foi de 598% (10.442 pessoas) e, para design, 276%. “As pessoas estão ressignificando o trabalho. Junto disso, também avaliam a remuneração e o sentimento de pertencimento nesses novos locais”, avalia o CEO e fundador da Gama Academy, Guilherme Junqueira.

Esse cenário deve permanecer otimista. Segundo o estudo anual sobre o mercado de software brasileiro, divulgado pela Associação Brasileira das Empresas de Software - Abes, o país permanece em destaque. As comercializações giraram em torno de 45,7 bilhões de dólares no ano passado, ficando em décimo lugar no ranking das economias de tecnologia globais.

Para ajudar as pessoas a melhorarem seus currículos e realizarem uma transição de carreira para entrar no mercado, Junqueira indica: “Deixe claro os seus objetivos, isso passa uma impressão melhor aos recrutadores, pois veem alguém decidido. Além disso, jamais deixe de pesquisar a fundo sobre a empresa onde pretende ingressar. É fundamental fazer uma análise honesta de quais são os pontos fortes e fracos, o perfil e em quais circunstâncias você rende mais”.

É importante utilizar palavras-chave em seu currículo, pois sites como LinkedIn usam ferramentas de inteligência artificial para encontrar candidatos específicos. Além disso, também pode ser um diferencial atrelar um projeto como portfólio e destacar conquistas. Além disso, é relevante investir em especializações, cursos e workshops voltados para capacitação.

Não cometa alguns erros comuns de comunicação

De acordo com uma pesquisa realizada pela revista britânica The Economist, a comunicação vai muito além da fala. Para os entrevistados, a falta de um diálogo eficiente causou atrasos ou erros na conclusão de projetos, levou à redução de vendas e contribuiu para seu estresse e desânimo. Por isso, essa é uma das habilidades mais valorizadas por contratantes.

Para a estrategista de comunicação, Fabiana Teixeira, uma boa oratória não é uma questão de dom, como às vezes é vista. “Todos nós podemos falar, mas para se comunicar e passar com sucesso uma mensagem, é necessário prática e estratégia,” explica. Com o mercado cada vez mais competitivo, essa capacidade é determinante para conquistar uma nova oportunidade ou até para escalar posições na corporação onde atua.

Pensando nisso, Fabiana dá cinco exemplos de erros comuns ao se expressar no trabalho e como corrigi-los:

infografico dando dicas para comunicação dentro do trabalho

Não olhar nos olhos: mesmo com timidez, falar olhando nos olhos do outro é algo imprescindível, pois demonstra seriedade e interesse no diálogo. Caso não seja feito, pode fazer você parecer pouco comprometido. Comece praticando com pessoas mais próximas, depois com desconhecidos e em ambientes sem pressão, como um restaurante ou supermercado.

Não sorrir: pode ser por nervosismo ou para transmitir respeitabilidade mas tente pelo menos manter sempre uma feição agradável. Quem não te conhece, como o entrevistador, pode ter uma primeira impressão de antipatia de sua parte. O sorriso abre portas.

Usar vícios de linguagem: aplicar gírias ou expressões deve ser evitado, afinal, elas enfraquecem a mensagem. A melhor forma para eliminar o vício de linguagem é perceber o uso excessivo dele. Procure se observar, grave áudios e reconheça o seu perfil comunicador. Isso deixará a sua comunicação muito mais assertiva.

Não demonstrar confiança: gaguejar, se explicar várias vezes para ser entendido ou ficar com uma postura muito curvada, passam a sensação de falta de confiança. Sua atitude e maneira de se portar fazem muita diferença em como você será visto.

Não controlar os movimentos: O que fazer com as mãos? Elas acompanham a nossa fala, mas não devem haver exageros. Braços cruzados costumam afastar os outros e pernas nervosas, balançando, demonstram ansiedade. A linguagem corporal pode ser aliada ou vilã.

A importância de organizar bem o tempo

A administração da sua carga horária tem muito a ver com o sucesso na carreira. Você tem feito algumas perguntas a si mesmo, como “Estou gerenciando o meu tempo de forma correta? Por que não consigo entregar as minhas tarefas no prazo? Preciso de mais horas para realizar todas as minhas obrigações?” Se você se identifica com essas questões, pode estar enfrentando dificuldades nesse aspecto.

Além de controlar melhor as demandas, você se torna mais organizado. De acordo com estudo da escola de negócios John Molson, da Universidade Concórdia, essa prática apresenta uma relação forte com o bem-estar, aumentando a produtividade em até 12% e diminuindo a pressão arterial.

Toda mudança de hábito implica na rotina e na saúde, mudando a perspectiva de encarar as atividades do dia. Contudo, para isso é necessário força de vontade, pois sair da zona de conforto não é fácil. Responsabilidade, autocontrole e foco podem reduzir em 20% o risco de doenças neurodegenerativas, como: Alzheimer, Parkinson e Esclerose Múltipla, conforme a revista Neuroepidemiology.

É imprescindível ter planejamento. Quando conseguimos fazer todas as tarefas com excelência e dentro do prazo de entrega, é comum ficarmos felizes e realizados. “Todo mundo pode ser mais produtivo, basta identificar oportunidades de melhorias, reconhecendo as ações negativas. Sentir-se constantemente apressado e com sobrecarga diminui a capacidade de concentração, afeta o seu nível de energia e acarreta em problemas diante a sua desenvoltura”, comenta o CEO do Cebrac, Rogério Silva.

Quando você decide deixar para trás seus velhos modos de agir e adquirir novas estratégias, terá apenas benefícios. “Assim, organiza melhor outras áreas da sua vida, como as finanças, lazer, especializações, entre outros. Consequentemente, você será visto com bons olhos e poderá inspirar os colegas por estar mais feliz”, finaliza Silva.

Portanto, esteja ligado nessas dicas e aplique-as no seu cotidiano. Dessa forma, você estará se desenvolvendo constantemente e se destacará dos concorrentes. Se busca uma oportunidade de estágio ou aprendizagem, acesse o nosso painel de vagas. Boa sorte!

Seja nosso seguidor no Twitter (@nubevagas) e veja notícias diárias de ações, vagas de estágio e aprendizagem, palestras e muito mais. Assista nossos vídeos de dicas no YouTube e participe da nossa página no Facebook. Agora estamos também no Instagram e no Linkedin. Esperamos você em nossas redes sociais!

O Nube também oferece cursos on-line voltados para a qualificação profissional de estagiários e aprendizes. Basta acessar o link www.nube.com.br/ead. Todos os serviços para o estudante são gratuitos. Já instalou nosso aplicativo "Nube Vagas" em seu celular? Com ele você será notificado a cada nova oportunidade. Disponível na Apple Store e Play Store.

Compartilhe