Esqueça o Carpe Diem, agora o fenômeno é outro! Para quem não conhece, YOLO é proveniente do inglês e significa “you only live once” (você só vive uma vez). A sigla vem para demonstrar a insatisfação de muitos estagiários, aprendizes e profissionais, principalmente millennials, em relação às atuais condições oferecidas pelas empresas. Para entender melhor sobre o assunto, continue nesta matéria! 

Entenda esse fenômeno corporativo 

Segundo um estudo da seguradora MetLife, os chefes dessa geração possuem mais propensão ao Burnout se comparada com qualquer outro grupo. Isso acarreta um sinal de alerta ainda maior acerca das circunstâncias oferecidas pelas companhias. 

Para João Victor Gonçalves, discente de dança pela Universidade Federal de Viçosa (UFV), os valores já não são mais os mesmos. “Vivemos em um mundo capitalista e crescemos com a ideia da importância do dinheiro, quanto mais melhor. Porém, para mim, não faz o menor sentido. Eu quero me dedicar e empenhar em coisas das quais gosto, até mesmo por isso escolhi esse curso”. 

Entretanto, até mesmo com essa percepção a pressão para encontrar uma posição é muito grande. “Eu estava relutante no começo, ainda mais com minha família falando sobre isso. Afinal, tenho consciência: o mercado de trabalho para essa área não é tão fácil, mas estou muito disposto a lutar pela minha paixão, quero viver e aproveitar cada momento”, afirma. 

Consoante à Giovanna Calvo, CMO (chief marketing officer) da Naomm, “diante deste novo cenário, é imprescindível atenção e reinvenção para o setor de recursos humanos, criando alternativas para engajar esse profissional e reter talentos. A tarefa, infelizmente, não é fácil!”. Com a pandemia, os procedimentos foram adaptados e para ela, isso dificultou ainda mais essa movimentação, forçando o nicho a buscar alternativas para inovar. 

Quando questionado sobre a vaga ideal, o estudante ressalta alguns pontos: “teria horas flexíveis, uma maior liberdade de expressão e personalidade, na qual a marca pessoal de cada um pudesse estar presente em seu ofício, buscando a melhora coletiva e não individual, bem mais humano e menos máquina”. Todavia, com as evoluções tecnológicas, se tornou indispensável atualizar os sistemas para o digital. 

Como incidir no YOLO dos millennials

Conforme Giovanna, “entre as alternativas para a melhora desse quadro está a utilização de Práticas Integrativas e Complementares (PICs)”. Elas são reconhecidas por utilizar de recursos terapêuticos baseados em conhecimentos tradicionais, voltados para prevenir diversas questões, tais como distúrbios mentais. Essas ferramentas, quando aplicadas de maneira estratégica e direcionada, engajam o time e promovem um sentimento de pertencimento, bem como o bem-estar do cotidiano das corporações. 

“Acupuntura, yoga e técnicas de liberação emocional estão entre essas terapias e podem ser benéficas”, ressalta a CMO. Com isso, é possível auxiliar no cuidado com os colaboradores e a metodologia também incide no desenvolvimento profissional, auxiliando na motivação das equipes. Em geral, essas iniciativas impactam diretamente no desempenho das atividades das organizações, sendo proveitosas para todos os envolvidos.

De acordo com Giovanna, “é preciso olhar para as pessoas individualmente, suas necessidades e anseios.” Bem como destaca a expectativa de Gonçalves, “o futuro vai ser mais humano”. Afinal, a tendência indica processos mais transparentes, com feedbacks construtivos e constantes, assim, é possível mapear os gaps e aprimorar os acertos. 

Por fim, a especialista conclui: “é preciso dar autonomia a quem, de fato, faz um bom trabalho, sem trazer aquela sensação de ‘vigília’ a todo momento. Isso pode desmotivar completamente um funcionário, acarretando na busca por novas oportunidades. Empatia aqui é a palavra-chave, use sem moderação e se reinvente sem medo!”. 

Portanto, o Nube compreende a atualização dos procedimentos para incluir a todos e reconhece isso como uma evolução dos métodos corporativos. Inclusive, diariamente compartilhamos conteúdos com opiniões de diversos experts, para te auxiliar a se modernizar junto com os processos. Para ficar por dentro, siga nossas redes sociais e não se esqueça: conte sempre conosco!

Seja nosso seguidor no Twitter (@nubevagas) e veja notícias diárias de ações, vagas de estágio e aprendizagem, palestras e muito mais. Assista nossos vídeos de dicas no YouTube e participe da nossa página no Facebook. Agora estamos também no Instagram e no Linkedin. Esperamos você em nossas redes sociais!

O Nube também oferece cursos on-line voltados para a qualificação profissional de estagiários e aprendizes. Basta acessar o link www.nube.com.br/ead. Todos os serviços para o estudante são gratuitos. Já instalou nosso aplicativo "Nube Vagas" em seu celular? Com ele você será notificado a cada nova oportunidade. Disponível na Apple Store e Play Store.

Compartilhe