Em 2020, a realidade global foi afetada pela Covid-19 e os estagiários, aprendizes e CLTs precisaram se adaptar às pressas ao remoto, utilizando das inovações como base para todo o funcionamento. Segundo um estudo da TIC Domicílios 2020, divulgada pelo Centro Regional de Estudos para o Desenvolvimento da Sociedade da Informação (Cetic.br), o Brasil tem 152 milhões de usuários digitais, correspondendo a 81% da população. 

Além disso, o uso de redes sociais também aumentou. De acordo com levantamento da Kantar, marca especializada em pesquisa de mercado, as plataformas alcançaram 40% mais pessoas na pandemia. Conforme Alexandre Barbosa, gerente do Cetic.br, “durante esse momento, a Internet foi mais demandada em razão da migração de atividades essenciais para o ambiente digital. Os resultados mostram a resiliência da rede em um cenário de crise sanitária”, completa. 

Essa também é a opinião de Karruna Sapuppo, analista de projetos na senhasegura, um fornecedor de Privileged Access Management (PAM). Para ele, “devido ao home office, houve um aumento das estruturas on-line”, impactando diretamente nas operações de diversas empresas. Tendo isso em vista, você sabe quais as lições aprendidas pelas corporações desde o início desse período incerto? 

Infográfico 10-12-21

7 lições importantes aprendidas durante a pandemia

Nessa instância, diante de tanta incerteza quanto à adequação de métodos e processos corporativos, o PIB (Produto Interno Bruto) brasileiro, sofreu uma queda histórica de 9,7% no segundo trimestre do ano passado, conforme dados do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística). 

Sendo assim, as organizações passaram a estimular novas possibilidades de crescimento em meio aos obstáculos. Uma delas, foi a valorização da comunicação entre colaboradores e gestores, tudo de maneira remota, procurando evitar ruídos e desalinhamentos enquanto buscavam um desempenho assertivo das tarefas. 

Pensando nisso, o CGO (chief growth officer) da Dialog.ci, Gabriel Kessler, elencou sete lições fundamentais para uma operação de excelência, aprendidas em 2021. Confira a seguir: 

  1.  Processos e equipes estruturadas:

“O crescimento da tecnologia tem de ter total foco no cliente e na resolução de possíveis problemas”, explica Kessler. Para Sapuppo, o mercado continuará crescendo na área tech e estará cada vez mais em busca de talentos com aptidões inerentes a essas resoluções. 

  1. Planejamento

Definir um plano estratégico e delimitar diversas opções, como “ A, B e C”, segundo Kessler, são cruciais “para um bom andamento das corporações nesse momento de readaptação”. 

  1. Lidar com novas gerações:

“Requer da liderança entendê-las e, sobretudo, as engajar”, salienta o CGO. Para ele, utilizar softwares semelhantes às redes sociais são uma boa alternativa, pois alcançam diversos públicos e estão gradualmente mais presentes no cotidiano, em qualquer segmento. 

  1. Conhecer os colaboradores significa também gerar e analisar métricas:

A partir de ações voltadas aos funcionários e ao seu método de trabalho, é possível ter relatórios para metrificar o “alcance, absorção e engajamento”, destaca Kessler. Esse detalhamento permite insights, propiciando soluções mais qualificadas. 

  1.  Encontrar influenciadores internos:

 “Esse colaborador pode ajudar tanto no processo de comunicação dentro da empresa, quanto engajar outros colegas”, afirma o especialista. É um benefício para a instituição contar com quem é mais “popular” diante de seus membros, dessa forma, é possível perpetuar comportamentos de maneira mais fácil e com maior aceitação. 

  1.  Flexibilização em relação à quantidade de dias:

O teletrabalho trouxe novas formas de enxergar o escritório. “Hoje, o modelo híbrido é bem mais aceito no mundo corporativo e há ferramentas contribuintes para manter a os costumes organizacionais em pleno funcionamento”, pontua Kessler. 

  1. Entendimento pleno da operação:  

A crítica escolar do filme Tempos Modernos, estrelado por Charles Chaplin, se encaixa em qualquer ramo. É necessário ensinar todos os processos do serviço para o cooperador, bem como as unidades da entidade. Ainda, conforme Kessler, Incentive-o a publicar conteúdos em canais horizontais de comunicação interna, descentralizando a função e criando uma cultura de comunicação horizontal.”

Portanto, agora você pode se preparar para 2022 com alguns aprendizados na bagagem. Vale ressaltar: o Nube é seu aliado em todos os momentos, compartilhamos conteúdos diários para te ajudar a trilhar o caminho do sucesso. Acompanhe nosso blog e esteja por dentro das novidades corporativas, bem como, de oportunidades para você e seu negócio. Conte sempre conosco!

Estamos no Linkedin com mais dicas e matérias focadas para gestores.

Se você tiver dúvidas sobre a contratação de estagiários e aprendizes, solicite um contato da nossa equipe.

Interessado em aprender mais? O Nube também oferece cursos on-line voltados para a qualificação profissional de gestores, estagiários e aprendizes.

Compartilhe