O desempenho de um indivíduo depende muitas vezes de um incentivo para manter um sentimento de motivação ao desempenhar tarefas rotineiras. Por isso, é fundamental procurar sempre novas maneiras de motivar a equipe para garantir uma boa performance e, consequentemente, uma vantagem competitiva no mercado.

O entusiasmo vale muito!

Por meio de estímulos, os colaboradores se sentem mais valorizados e tendem a se envolver muito mais com a empresa. Isso gera uma vontade de ir além das obrigações e dar o seu melhor em todas as atividades. Além disso, o bom relacionamento entre o time também é um fator muito importante. “Ou seja, ter um ambiente agradável pode ser um diferencial”, analisa o executivo e especialista em liderança e desenvolvimento profissional, Marcelo Simonato.

Outro fator resultante dessa incitação é a diminuição gradativa de estresse, afinal, o trabalhador estará desempenhando sua função com mais prazer, aumentando sua autoestima, produtividade e empenho para atingir metas. “Por isso, o bem-estar corporativo ganha prioridade na agenda dos executivos para garantir a sustentabilidade do negócio e a manutenção dos empregos”, alerta a estrategista de carreira, Rebeca Toyama.

Existem diversas maneiras de realizar um diagnóstico para saber se a sua equipe está desmotivada. Veja:

  • Uso repetido de palavras negativas;
  • Espera impaciente pelo horário do término do expediente;
  • Afastamento dos outros integrantes da organização;
  • Realizar somente as tarefas necessárias e não ir além do esperado;
  • Não atingir as metas estipuladas;
  • Discordar de mudanças, sugestões ou críticas construtivas;
  • Não demonstrar interesse em participar de atividades ou treinamentos;
  • Frequência de faltas.

Se essa situação estiver acontecendo no seu staff, acompanhe as dicas listadas por Simonato para mudar esse cenário. Confira:

1 – Trate todos de forma igual
O primeiro passo para melhorar esse problema é ter em mente a humanidade de todos independentemente da hierarquia, logo, merecem ser tratados de forma igualitária. Afinal, cada um tem a sua devida importância para o bom funcionamento da organização.

2 – Reconheça o valor de cada indivíduo
Quando alguém realiza um bom trabalho, merece um reconhecimento. Então, por que não elogiá-lo? Isso deve ser comum na rotina e fluir naturalmente. “Reconheça as vitórias, vibre com as conquistas, participe das realizações. Saiba enxergar o brilho de cada um, reconhecendo seus pontos fracos e fortes e considerando suas características individuais”, lembra o especialista.

3 – Invista em capacitações
O conhecimento sempre deve se manter atualizado, não importa qual área estiver atuando. Portanto, é fundamental investir nas capacitações por meio de cursos e treinamentos em busca de mantê-los sempre alinhados.

4 – Dê feedbacks
Os feedbacks são necessários em qualquer circunstância, seja ele positivo ou negativo. Essa é uma maneira simples de mostrar ao seu contratado se o seu serviço está sendo conforme as expectativas. Caso contrário, devem ser dadas sugestões de melhorias para os mesmos erros não serem cometidos novamente.

5 – Crie um relacionamento
Conheça seu time e tente construir um relacionamento com eles. Com isso, ganha-se confiança e mais comprometimento. Assim, mantenha um espaço aberto ao diálogo.

Sabe aquela frase “é melhor prevenir ao invés de remediar”? É exatamente isso! O entusiasmo sai mais barato para as companhias. Contudo, é necessário dedicação, tempo e vontade. O primeiro passo a ser dado é entender as carências dos seres humanos ao seu lado.

Acompanhe nosso blog e as redes sociais, pois publicamos conteúdos diariamente e temos opiniões de diferentes especialistas. Conte com o Nube!

Como sua empresa motiva o grupo?

Estamos no Linkedin com mais dicas e matérias focadas para gestores.

Se você tiver dúvidas sobre a contratação de estagiários e aprendizes, solicite um contato da nossa equipe.

Interessado em aprender mais? O Nube também oferece cursos on-line voltados para a qualificação profissional de gestores, estagiários e aprendizes.

Compartilhe