As experiências são o novo produto em um mundo hiperconectado. Para gerar e evoluir continuamente vivências incríveis e surpreendentes, é preciso ter times estruturados e orientados à entrega de valor nos momentos-chave da jornada do cliente. Além disso, é necessário dominar e rodar processos ágeis conectados às necessidades reais do consumidor.  

Nessa conta, entretanto, falta um ingrediente imprescindível: a autonomia. Os "2 pizza teams" da Amazon, as squads do Spotify e todos os outros exemplos bem sucedidos dão super certo porque eles têm e fazem uso da independência com maestria. “Exemplos realmente admiráveis porque, construir um ambiente assim é um desafio e depende fortemente da transformação da liderança”, explica Renata Mello Feltrin, head de Gestão da Experiência do Cliente na CI&T, com sede em Campinas.

O case do Spotify exalta a importância de alinhamento. Grupos pouco conectados a um propósito e os quais não seguem uma direção dificilmente chegam a algum lugar realmente extraordinário. Para a especialista, diante de uma situação de insatisfação, qualquer pessoa pode escolher entre quatro ações:

- Desistir
- Negligenciar
- Persistir
- Discutir

Ao escolher o “famoso empurrar com a barriga” você sempre prejudica a organização. Já ao perseverar, não trará ruídos a corporação, mas também não mudará a situação. “Só quem assume uma atitude de discutir em busca de transformar o status quo, beneficia a companhia e afeta positivamente todos em volta”, enfatiza.

 O que faz a diferença

Porém, um indivíduo escolhe um dos caminhos acima citados se baseando fundamentalmente em sentimentos de poder e compromisso. Então, no trabalho, nosso empenho depende mais de nosso superior direto. “Quando temos um chefe o qual nos apoia, nosso laço com a corporação se fortalece e sentimos mais influência nas decisões", comenta Renata.

Por isso, é tão importante o suporte. Ser capaz de apoiar cada pessoa para ela se sentir empoderada e, dessa forma, construir com cada um uma relação de engajamento. PAra Rafael Souza, diretor de serviços da XGEN, “os líderes só conseguem alcançar os seus objetivos porque trabalham e interagem com outros indivíduos e, para isso, o requisito é manter uma comunicação constante”.

Para saber mais sobre o assunto leia nossa matéria: 7 tipos de líderes essenciais!

Estamos no Linkedin com mais dicas e matérias focadas para gestores.

Se você tiver dúvidas sobre a contratação de estagiários e aprendizes, solicite um contato da nossa equipe.

Interessado em aprender mais? O Nube também oferece cursos on-line voltados para a qualificação profissional de gestores, estagiários e aprendizes.

Compartilhe