Vaga de inclusão para pessoas Transgênero Vaga de inclusão para pessoas Negras e ou pardas Vaga em regime Home Office Vaga em regime Híbrido
Vaga com alta procura

Consulte todas as vagas dessa empresa!

  • +
Tenho interesse

Você já ouviu falar do Fórum Econômico Mundial? É uma organização sem fins lucrativos, os quais reúne os principais líderes empresariais e políticos. Assim como  intelectuais e jornalistas selecionados para discutir temas mais urgentes, incluindo saúde e meio-ambiente. Ele também é como um catalisador de opiniões e publica uma vasta gama de artigos focados em questões importantes, como por exemplo, nos campos de competitividade, riscos globais e planejamento de cenários. Quer entender um pouco mais? Acompanhe a TV Nube!

Uma dessas pesquisas realizadas foi sobre o cenário do mercado de trabalho: 35% das habilidades mais demandadas para a maioria das ocupações devem mudar. A afirmação parte de relatório produzido em 2019. As mudanças são justificadas no contexto da chamada Quarta Revolução Industrial: era da robótica avançada, automação no transporte, inteligência artificial e aprendizagem automática. 

Muitas delas estão ligadas a ações ainda impossíveis de serem tomadas por máquinas. O foco da informação está na nossa capacidade dos seres-humanos superarem os robôs. Setores de mídia e entretenimento, consumo, saúde e energia, têm sido mais afetados desde já pelas novas exigências de suas atividades. Por outro lado, áreas de finanças, infraestrutura e mobilidade deverão sofrer transformações mais profundas nos próximos anos. 

A única certeza é: tudo vai mudar, por isso, a adaptabilidade ganha tanta importância no contexto corporativo. O nosso diferencial competitivo está no desenvolvimento de competências socioemocionais. Por isso, a co-fundadora, Renata Aranega, conversou conosco e contou quais são esses requisitos para você ser um excelente profissional do futuro. Saiba agora quais são eles.

  1. Resolução de problemas complexos

Essa aptidão volta a aparecer no topo do ranking de previsões. Todos os setores da economia deverão exigi-la para lidar com situações a serem resolvidas rapidamente com praticidade.

  1. Pensamento crítico
    Pessoas com conceitos bem estruturados, conversação clara, fazer as perguntas certas e olhar para uma questão sob diferentes perspectivas. Definido como o uso da lógica e da racionalização para identificar forças e fraquezas de soluções alternativas, conclusões e ótimas abordagens.
  1. Criatividade
    Colaboradores criativos terão a oportunidade de se beneficiar desde cenários, tecnologias e modos de atuar. Lembre-se: os robôs perdem para nós em criatividade. Ainda não conseguem ter ideias inusitadas.
  1. Gestão humana

Esta habilidade está voltada para a função de gestor, como: motivar, desenvolver e identificar talentos. Nos setores de energia e de mídia será vista como um talento chave.

  1. Coordenação

Vale destacar: para líderes, trata-se de uma competência crítica. Aspectos ligados à colaboração e facilitação de processos são algumas das características requeridas como obrigatórias.
 

  1. Inteligência Emocional

Gestão das emoções é fundamental. É um dom capaz de passar por cima de crises com mais serenidade sem perder o "espírito de luta". É um dos aspectos a ser levado em consideração, pois a inteligência artificial ainda passa longe de aspectos de gestão emocional.

  1. Julgamento e de tomada de decisões

Pessoas hábeis em analisar dados e tomar decisões a partir disso já se destacam e tendem a ser ainda mais disputadas até 2020. Um bom líder será sempre bom na tomada de decisões de alta complexidade. Acertar em soluções neste ambiente é meio caminho para o sucesso no mundo dos negócios de acordo com o especialista.

  1. Orientação para servir

A inclinação para ajudar os outros perdeu uma posição no ranking na comparação com as demandas anteriores. No entanto, ainda é indispensável ao trabalho em equipe.

  1. Negociação

Relacionar-se com pessoas é um constante negociar. Por isso, quem é tolerante e de fácil diálogo será bem-vindo nas áreas de computação, matemática, artes e design, pois as empresas vão exigir bons negociadores.

  1. Flexibilidade cognitiva

Setores de comunicação e tecnologia irão precisar de candidatos com essas particularidades, como: criar ou usar diferentes conjuntos de regras para combinar ou agrupar as coisas de diferentes maneiras. 

Fique por dentro das novidades na TV Nube e assista a este Minuto Carreira!

 

Compartilhe