Para responder a essa pergunta, precisamos primeiramente recorrer ao significado de marketing, uma palavra de origem inglesa e já incluída no dicionário de língua portuguesa. Segundo o Aurélio, é a reunião de atividades e ações metodicamente planejadas, a fim de convencer o público em relação a determinado produto, serviço, ideia ou ser. Basicamente é a estratégia dos mercados para comunicar e persuadir uma ação ou venda. 

Portanto, o marketing pessoal é uma ferramenta ou conjunto de práticas tomadas com o intuito da divulgação e qualificação particular de indivíduos.  Assim sendo, pode ser utilizado na construção de propósito e geração de valor único, construindo marcas individuais. 

O seu principal objetivo é a consolidação de habilidades pessoais. Vale lembrar, esse plano não se resume unicamente com a preocupação da aparência. Está principalmente relacionado com o comportamento perante ao universo particular ou profissional, no qual alguém está inserido. Pode ser usado também para alcançar o fortalecimento do networking, isso significa a fortificação da rede de contatos profissionais.

Entretanto, quando se pensa em auto publicidade alguns cuidados devem ser tomados. De acordo com a estrategista de imagem, Deize Andrade, “é necessário muita clareza, pois promoção própria sugere dar evidências a qualidades genuínas, ‘saber se vender bem', mas ressaltando valores inexistentes não se sustenta por muito tempo”, aconselha Deize.

Portanto, é um método para comunicar atributos, como se cada ser fosse uma peça valiosa. Reforçando, a comunicação necessita sempre estar alinhada com a verdade, pois apenas falar conveniências sobre si não é o suficiente para uma tática eficiente. "A teoria requer de alinhamento com a prática diária. É preciso de entregas e, quando há uma maior quantidade de feitos construtivos, mais essa percepção positiva tende a se aguçar sobre esse profissional", complementa Deize.  

Outro fator importante a respeito dessa impressão individual: ela não é sobre a pessoa em si, mas sobre os valores trazidos por ela nas interações sociais. Entretanto, é primordial a constante manutenção dessas particularidades. Aconselha-se como meta, estabelecer objetivos de curto, médio e longo prazo. Reconhecer pontos de melhoria e manter ativo os já conquistados, são requisitos básicos. 

Em tempos de redes sociais digitais outros fatores ainda surgem e criam problemas. Antes de ter milhares de seguidores, assim ganhando muita visibilidade, é vital um bom conhecimento sobre si. Anteriormente a se conquistar um grande volume de adeptos, é fundamental coerência no diálogo estabelecido. Em outras palavras, é alinhar a essência de cada um ao conteúdo produzido e também à conduta adotada nesse processo. Para isso, é crucial planejamento e autoconhecimento. 

Portanto, não deve haver diferenças entre o mundo real e o espaço virtual. É primordial conexão com essas duas experiências. Múltiplas personalidades geram dubiedades e dúvidas em relação às reais virtudes desse ser. Então, se faz imprescindível ter cautela em cada postagem e em como se moldar diante do mundo digital. 

Esse entendimento é substancial para conquistar uma carreira bem sucedida. "Além de desenvolver as competências técnicas oriundas da profissão escolhida, é também primordial saber se colocar diante do mercado. Estabelecer planos de comunicação, abuse do famoso ditado popular: é preciso saber se vender, mas claro, sempre com verdade. Com isso, construir relacionamentos duradouras", finaliza Deize.  

E você já faz uso dessas ferramentas? Descubra como melhorar a gestão de sua marca pessoal nesse Minuto Carreira com Deize Andrade. Mantenha seu foco, tenha determinação e trilhe a vitória. Boa sorte!

O Nube também possui um curso em EAD totalmente gratuito e relacionado a esse tema, não deixe de participar. Para isso, clique aqui

Gostou desse tema? Coloque tudo em prática, assista ao vídeo e acompanhe mais dicas na TV Nube! Nosso conteúdo é atualizado semanalmente. Desfrute sem moderação, aproveite e concorra às melhores vagas de estágio!

Compartilhe