A rotina dos tribunais, discussões em busca da verdade, sede pela justiça te deixam entusiasmado? Então pode ser o Direito a área para você fazer carreira. Argumentações bem elaboradas e avaliação das diferentes versões de um acontecimento são alguns dos fatores da rotina de um advogado. Se você sonha em prestar o curso e crescer nessa profissão, assista nosso Carreira de A a Z e conheça um pouco mais sobre a profissão.

O Direito é a ciência responsável pelas normas jurídicas vigentes em um país. Os profissionais organizam as relações entre indivíduos e grupos na sociedade, zelam pela harmonia e pela correção das relações entre os cidadãos, empresas e o poder público.

O advogado defende os interesses do cliente em diversos campos. O juiz resolve litígios entre indivíduos ou empresas. Para isso, ele analisa as disputas e os conflitos com base na Constituição  regulamentada e estabelecida pelas leis.

Há duas áreas distintas para o bacharel: é possível atuar como advogado ou seguir a carreira jurídica. Para ser advogado deve passar no exame da OAB. Já o candidato a juiz, promotor ou delegado de polícia tem de prestar concurso público. É necessário ter ainda dois anos de inscrição na OAB como advogado para se tornar juiz.

A profissão é uma das mais tradicionais entre todas. O curso, um dos mais procurados e tem um mercado de trabalho sempre receptivo aos graduados. Há inúmeras possibilidades de atuação para o recém-formado, seja em órgãos do setor público ou na iniciativa privada.

Uma demanda crescente é pelo advogado trabalhista. Ele atua na resolução de casos ligados às relações de trabalho. Seu trabalho é peça-chave nas companhias em épocas de crise, quando ocorrem muitas demissões. O momento econômico também aumentou a procura pelo profissional da área de recuperação judicial e de crédito para resolver litígios de empresas em fase de recuperação judicial.

O curso da graduação é generalista e enfatiza as Ciências Humanas. Nos três primeiros anos, além das matérias essenciais como: português, sociologia, teoria do estado e economia, existem matérias específicas do Direito: civil, constitucional, penal, comercial e medicina legal. Nos trabalhos práticos, o aluno atua como juiz ou advogado em simulações de julgamentos. 

Em geral, a carreira e a especialização a ser obtida numa pós-graduação começam a ser definidas no quinto ano, na escolha das disciplinas de formação específica. São obrigatórios o estágio e uma monografia para obter o diploma.

A média da bolsa auxílio para um estagiário de Direito é de R$ 1.007,00. Os valores podem variar de R$ 438,00 a R$ 3.800,00, dependendo da empresa. De acordo com consultorias de recursos humanos, um advogado recém-formado ganha entre R$ 2.500 e R$ 4.000. Existe diferença de salários entre as carreiras jurídicas públicas como: Juiz Federal: R$ 21.537,64; Juiz Estadual: R$ 16.000; Promotor de Justiça: R$ 12.000; Defensor público: R$ 11.200; Delegado: R$ 9.000; Procurador: R$ 26.000; Desembargador: 30.000.

Gostou do nosso conteúdo? Assista o Carreira de A a Z e conheça um pouco mais sobre o Direito.

Compartilhe