As micro e pequenas empresas atraem cada vez mais profissionais em busca de uma colocação. Isso porque se caracterizam por serem inovadoras e com grandes oportunidades de crescimento. Pensando nisso, fomos atrás de quem optou por esse caminho para relatar se a escolha foi positiva.

Segundo a especialista em pessoas e performance, Nayade Kenis, as gerações estão mudando e, por conta disso, não querem ser apenas mais uma peça na organização. “Esses jovens pretendem fazer parte de algo maior, mudar processos, ver o impacto de suas ações”, explica.

Thiago Rodrigues seguiu por essa linha. Após uma trajetória por organizações como a Google, decidiu apostar suas fichas na Vitta, na época ainda uma startup. “A autonomia é bem maior e isso possibilita um maior aprendizado. Não temos as respostas e precisamos correr atrás, na tentativa e erro”, explica.

Quer conhecer mais exemplos? Veja nossa matéria e identifique qual é a vaga certa para o seu perfil!

Veja também:

Jovem empresário

5 passos para uma startup

Compartilhe