Você tem dificuldades para falar em um processo seletivo sobre suas qualidades e pontos de melhoria? Se sim, leia nossa matéria e ganhe mais segurança para o momento. Com algumas dicas é possível tirar de letra essa missão!

Uma dinâmica causa pânico na grande maioria dos candidatos por ser algo desconhecido. “Os estudantes ficam nervosos e ansiosos, pois estão passando por um teste capaz de ser um trampolim na carreira, caso o resultado seja positivo”, afirma Renata Monteiro, analista de recrutamento e seleção do Nube.

Para Silmar Strübbe, especialista de carreira e negócio, é preciso autoconhecimento para enfrentar da melhor forma possível a situação. “Quando a pessoa sabe quais são suas características e em quais pontos precisa se aperfeiçoar, fica muito mais fácil transmitir sinceridade e credibilidade ao recrutador”, incentiva.

E você, está pronto para deixar de ver uma seleção como um bicho de sete cabeças? Assista nosso vídeo e veja todos conselhos de especialistas!

Veja também:

Defeitos no ofício

Perfeccionismo é virtude?

Compartilhe