Para muitos, sentar-se à mesa do escritório não é mais prioridade. Afinal, muitas empresas já são adeptas do home office. Quando se trabalha de casa, existem alguns prós e contras, mas os profissionais da Geração Y acham importante o direito de escolha. Saiba mais nesta matéria da TV Nube.

De acordo com Ariane Abreu, Diretora Comercial da Total IP, empresa de telefonia e contact center , “quando os colaboradores fazem trabalhos de casa,  verificamos um aumento significativo na produtividade, pois eles produzem muito mais na mesma quantidade de horas”, afirma.

Thaís Fernandes, supervisora administrativa, também defende essa modalidade: “algumas pessoas não se adequam e sentem-se solitárias. Porém, é importante darmos essa alternativa, pois influencia no tempo de locomoção até a companhia, no bem-estar e qualidade de vida”, conta a gestora.

De acordo com  pesquisa da SAP Consultoria, 36% das empresas já permitem essa prática. Do total, 69% dos funcionários busca flexibilidade de horários; 67%, melhoria da qualidade de vida e 45% uma economia no tempo de locomoção até o escritório. A redução de custos foi apontada por 31% das organizações.

Quer saber mais? Veja esta matéria da TV Nube dando o play em nosso vídeo!

Compartilhe