Embora o preconceito ainda exista, as mulheres estão cada vez mais lutando para conquistar o seu espaço no mercado de trabalho e se mostrando capazes de lidar com desafios entre conciliar a rotina de trabalho e a familiar. Veja na matéria da TV Nube, um estudo sobre a relação entre os diferentes gêneros aptos a liderarem no ambiente de trabalho.

De acordo com os dados da pesquisa “ Women in Business 2015 ”, da Grant Thornton, 57% das companhias brasileiras não têm mulheres em cargos de liderança. O país fica atrás apenas do Japão, com 66%, e da Alemanha, com 59%. A média mundial é de 32%. “Pelo IBGE, é possível perceber como hoje as mulheres estudam mais em relação aos homens. Elas têm se preparado muito mais, para ir à luta e superar o preconceito”, comenta Ana Beatriz Tartuce, sócia-diretora da Tools Search. A perspectiva, no entanto, é positiva. “Daqui a algum tempo a seleção será por competências e habilidades, e não por gênero”, diz a especialista.

“A diferença está no quanto a pessoa se dedica ou tem foco, e isso é indiferente de sexos”, afirma a diretora comercial, da Total IP, Ariane Abreu.

Quer se informar sobre o assunto? Dê o play na TV Nube e compartilhe as informações. Conte sempre conosco!

Seja nosso seguidor no Twitter (@nubeestagios) e veja notícias diárias de ações, vagas de estágio e aprendizagem, palestras e muito mais. Assista nossos vídeos de dicas no YouTube e participe da nossa página no Facebook . Agora estamos também no Google+ e no Linkedin . Esperamos você em nossas redes sociais!

O Nube também oferece cursos on-line voltados para a qualificação profissional de estagiários e aprendizes. Basta acessar o link www.nube.com.br/ead . Todos os serviços para o estudante são gratuitos.

Compartilhe