Quem não gostaria de mudar uma partezinha do corpo? Esses dados estavam na última enquete do site do Nube, onde se envolvia o “ego” dos internautas: “Se pudesse, o que mudaria em você?”. Ela ficou disponível entre os dias 31 de outubro e 11 de novembro, sendo uma das mais votadas em nosso site, com 10.832 participações.

As alternativas eram: sexo, idade, peso, altura ou rosto. Já temos o resultado, em qual você apostaria? A pergunta chamou a atenção de muitos e, se você arriscou em “peso”, acertou! Ele foi o principal item, escolhido por 4.930 pessoas, representando 45.51% dos jovens com vontade de emagrecer ou ganhar alguns quilinhos.

O personal trainer Fábio Medina, mestrando em Fisiologia, em entrevista para o Nube sugere algumas mudanças para auxiliar na hora da balança: “as maneiras fáceis de se atingir o resultado nem sempre são as melhores. Opte por refeições balanceadas, de três em três horas. Assim, nos pratos principais você não terá tanta fome e comerá uma quantidade reduzida”. E completa: “Saia dessa vida desregrada. Invista em proteínas e carboidratos, substituindo os fast foods por verduras, por exemplo”, finaliza o especialista.

Em segundo lugar no ranking ficou a opção “Idade”, recebendo o apoio de 2.504 indivíduos, ou seja, 23.12%. A seguir, tivemos 2.151 insatisfeitos com a “Altura”; isto é, 19.86% se achando baixinhos demais ou muitos grandes.

O “Rosto” ocupou a quarta posição, com 1.032 descontentes e cobiçando algum tipo de reparação, seja nos olhos, testa, bochechas ou boca. Por fim, em último lugar em nossa pesquisa ficou o tópico “Sexo”, representado por 215 pessoas expondo sua vontade de terem nascido com o sexo oposto, isto é, 1.98%.

Para o colaborador da área de treinamento do Nube, Henrique Tadeu Ohl, “a adolescência é o período responsável por preparar o sujeito para assumir sua identidade e seu novo papel na sociedade, enfim, tornar-se um adulto”. Para Tadeu, nesta fase os jovens avaliam a tudo. “Conhecem várias tribos e religiões, fazem vários amigos, idolatram artistas, modelos e políticos para obter o maior número possível de experiências”. E complementa: “com base nelas, dão início à estruturação de sua identidade como adulto”.

Contudo, devido a tais associações, surgem algumas consequências, comentadas pelo colaborador: “alguns se frustram não corresponder às expectativas da sociedade”.  Se você não está satisfeito com seu “look”, veja algumas dicas de Henrique:

- Avalie os reais motivos de querer promover uma mudança estética: a quem ou o que quero atender? Por quê?;
- Procure pessoas com os mesmos gostos e ideologias;
-Valorize suas características positivas;
-Reserve algumas horas durante a semana para dedicar a atenção aos cuidados do corpo e da aparência;
-Tenha consciência: não existem duas pessoas iguais,  portanto jamais atingiremos 100% das expectativas da sociedade e das "mídias".

Gostou de nossa matéria? Fique de olho nas próximas enquetes e colabore para nosso resultado!

Seja nosso seguidor no Twitter (@nubeestagios) e veja notícias diárias de ações, vagas de estágio e aprendizagem, palestras e muito mais. Assista nossos vídeos de dicas no YouTube e participe da nossa página no Facebook. Agora estamos também no Google+, Foursquare e no Linkedin. Esperamos você em nossas redes sociais!

O Nube também oferece cursos on-line voltados para a qualificação profissional de estagiários e aprendizes. Basta acessar o link www.nube.com.br/ead. Todos os serviços para o estudante são gratuitos.

Compartilhe