As entrevistas de emprego costumam ser um momento de apreensão entre aqueles que querem conquistar uma vaga no mercado de trabalho. No entanto, antes mesmo de chegar nessa fase, outros pontos, como o uso da Língua Portuguesa, merecem atenção redobrada.

Uma pesquisa do Núcleo Brasileiro de Estágios (Nube) aponta que erros de Português, de interpretação nas informações e a falta de uma boa comunicação oral e escrita são responsáveis por impedir que 83,5% dos estudantes passem em seleções.

De 59.776 candidatos a vagas de estágio e aprendizagem avaliados pela pesquisa, apenas 9.845 estudantes (16,5%) passaram nos critérios de avaliação do domínio da língua. Os outros 83,5% (49.931) demonstraram conhecimento gramatical insuficiente. Em comparação à pesquisa de 2019, houve um aumento de 67% de reprovação, cujo índice era de 50%.

 

Problemas já começam no currículo


No currículo, os erros de português também são responsáveis por eliminar candidatos que, por esse motivo, podem nem chegar a ser chamados para uma entrevista, é o que aponta levantamento feito pela Catho no ano passado. Para os recrutadores ouvidos pela entrevista, erros de Português podem representar falta de conhecimento da língua e ausência de atenção na hora da construção do currículo.

Ainda em relação a erros de Português no currículo, apenas dois erros de digitação são suficientes para desclassificar um candidato a processo seletivo, de acordo com pesquisa realizada pela Robert Half, empresa de recrutamento especializado.

Conteúdos gratuitos para aprender Português


O Guia Enem é um site que reúne materiais gratuitos de diversas disciplinas, incluindo Português. No site são disponibilizados artigos com resumos das principais áreas de conhecimento. Para cada disciplina, há diferentes textos focados nas informações mais relevantes.

Para quem prefere estudar por meio de vídeos, no YouTube há conteúdos gratuitos disponibilizados por diversas instituições de ensino e professores, que preparam aulas em diversas áreas do conhecimento. Exemplo é o canal Educa Mais Brasil Explica, que contém uma playlist gratuita com aulas objetivas para os estudantes de diferentes idades.

Compartilhe