Nos dias 27 e 28 desse mês, acontece a Jornada da Empregabilidade, evento promovido pela Universidade Santo Amaro (Unisa), voltado para pessoas que buscam oportunidade de emprego e para quem deseja adquirir conhecimentos e fazer contatos para o mercado de trabalho. Gratuito, o evento acontecerá de forma virtual.

O evento está previsto para ocorrer das 09h às 20h, no espaço virtual unisa.br/empregabilidade. Uma vez inscrito, o participante poderá escolher os stands que pretende acompanhar com o tema do seu interesse. Haverá auditório virtual, salas para aprender a fazer currículo, stands de entrevistas, espaço de orientação para o mercado de trabalho e stands de empresas que selecionam oportunidades para estágio e emprego, a exemplo do CIEE, Nube, Vagas.com, dentre outros.

Os inscritos na jornada poderão acompanhar uma troca de conhecimentos sobre o mundo do trabalho, além de participar de seleções para vagas de emprego e estágio. “A gente tem um cenário de desemprego muito alto, mas não adianta criticar sem fazer um projeto. Iniciativas como a Jornada da Empregabilidade ajudam a trazer esperança para as pessoas”, comenta o Gerente de Marketing da Unisa, Adriano Magrinelli.

Uma das palestrantes da Jornada da Empregabilidade é a profissional de Recursos Humanos, professora Ângela Divina, que vai conversar com os participantes sobre objetivos de vida e carreira. “Essas feiras são muito importantes porque permitem a troca de experiências, já que são locais apropriados para se colocar em evidência, interagir e fazer network. Por meio de oportunidades como essa, o jovem vai se adequando para ter mais oportunidades e, também, mais ganhos”, opina a professora.

Desemprego é crescente no Brasil

O desemprego no Brasil atingiu 14,1 milhões de pessoas no trimestre de agosto a outubro de 2020, segundo dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (PNAD), divulgada em dezembro. O número representa um aumento de 7,1% em relação aos três meses finalizados em julho do ano passado.

Para a especialista em Recursos Humanos, Ângela Divina, o cenário atual de empregabilidade tem algumas variáveis. De um lado, jovens buscando ingressar no mercado de trabalho e, do outro, profissionais buscando as recolocações.

“Para ambos os cenários, a gente está em um momento delicado no sentido sanitário e econômico. Por isso, para ter mais chance, esse profissional precisa ter autoconhecimento, saber seus pontos fortes e fracos para canalizar a oportunidade mais assertiva. Seja qual for o desafio, é importante não desanimar”, acrescenta Divina.

Nesse contexto, o emocional das pessoas disponíveis para o mercado pode ficar prejudicado, na avaliação da especialista. Por isso, na opinião da profissional, é importante interagir durante feiras de emprego que proporcionam um pouco mais de tranquilidade para o desempregado, quando este tem a oportunidade de estar em contato com pessoas em situação semelhante.

Outro ponto importante que Ângela Divina destaca é ter atitude. Isso está relacionado ao fato de mostrar que estará engajado para desenvolver habilidades e atividades mesmo quando não se tem experiência.

Além disso, é aconselhável manter boa aparência nas redes sociais, pontua a especialista, pois são através delas que muitos recrutadores começam a triagem dos candidatos. “O LinkedIn, hoje, é a principal plataforma profissional. Utilizem essa plataforma, mantenha-a atualizada, descreva as suas habilidades e competências”, recomenda Ângela.

Compartilhe