A escassez de vagas e o aumento da qualificação dos profissionais do mercado têm deixado os mais novos atentos às possibilidades

Garantir uma oportunidade no ambiente corporativo é um desafio para todos os brasileiros, principalmente por conta do período de crise enfrentado atualmente. Sendo assim, procurar meios de se destacar é imprescindível. Para avaliar essa questão, o Nube – Núcleo Brasileiro de Estágios fez um levantamento com 36.864 brasileiros e perguntou: “o que você tem feito para melhorar sua empregabilidade?”. A faixa etária dos entrevistados foi de 15 a 29 anos.

A opção mais apontada foram os cursos extracurriculares, com 38,7% (ou 14.280) dos votos. Para o analista de treinamento do Nube, Everton Santos, procurar chances de renovar o conhecimento é vital para evoluir. “Existem diversas maneiras de auxiliar nesse desenvolvimento. Alguém da área de exatas, por exemplo, pode realizar um workshop de comunicação e oratória, pois, embora não seja uma competência obrigatória, se torna um diferencial para o indivíduo”, comenta.

No segundo lugar, está o aspecto comportamental. Cerca de 30,3% dos participantes responderam “mudei minha postura e hábitos sociais”. De acordo com o especialista, a globalização aproxima as pessoas e, com isso, grande parte de nossas opiniões e costumes é exposta e isso gera uma percepção ao outro sobre quem somos. “Essa visão pode ou não nos auxiliar na construção de uma imagem aceita para o contexto dos negócios. Garantir uma oportunidade no ambiente corporativo é um desafio para todos os brasileiros, principalmente por conta do período de crise enfrentado atualmente. Sendo assim, procurar meios de se destacar é imprescindível. Para avaliar essa questão, o Nube – Núcleo Brasileiro de Estágios fez um levantamento com 36.864 brasileiros e perguntou: “o que você tem feito para melhorar sua empregabilidade?”. A faixa etária dos entrevistados foi de 15 a 29 anos.

A opção mais apontada foram os cursos extracurriculares, com 38,7% (ou 14.280) dos votos. Para o analista de treinamento do Nube, Everton Santos, procurar chances de renovar o conhecimento é vital para evoluir. “Existem diversas maneiras de auxiliar nesse desenvolvimento. Alguém da área de exatas, por exemplo, pode realizar um workshop de comunicação e oratória, pois, embora não seja uma competência obrigatória, se torna um diferencial para o indivíduo”, comenta.

No segundo lugar, está o aspecto comportamental. Cerca de 30,3% dos participantes responderam “mudei minha postura e hábitos sociais”. De acordo com o especialista, a globalização aproxima as pessoas e, com isso, grande parte de nossas opiniões e costumes é exposta e isso gera uma percepção ao justamente para não emitir uma mensagem errada”, comenta.

Compartilhe