Oportunidades devem ficar disponíveis entre dezembro e março de 2017.
Estudantes devem ficar de olho nas chances oferecidas pelas empresas.

O estágio é a porta de entrada dos estudantes no mercado de trabalho. E quem quer colocar em prática tudo o que aprendeu na faculdade deve ficar de olho nas novas oportunidades. A expectativa é de que sejam abertas mais de 5 mil vagas entre os meses de dezembro de 2016 e março de 2017 no Espírito Santo.

A previsão do Centro de Integração Empresa Escola (CIEE) é de abrir, nesse período, aproximadamente 4 mil vagas de estágio para curso superior, técnico e de nível médio. Em todo o país, a instituição prevê a contratação de 120 mil estagiários.

Se somadas a outras instituições, são mais mil chances. A expectativa do IEL é de que sejam abertas 302 vagas, enquanto que, na Super Estágio, outras 100. O Núcleo Brasileiro de Estágios (Nube) tem a estimativa de que serão 32 mil novas oportunidades de estágio em todo o país.

A gerente de operações do CIEE-ES, Valquíria Dadalto, explicou que, neste período, muitas empresas encerram os contratos atuais e precisam renovar o quadro de estudantes.

“Nesta época do ano, a demanda por estudantes aumenta. Por isso, mantenha sempre o cadastro atualizado. Diariamente, as oportunidades são atualizadas no site”, afirmou.

A especialista em pessoas e carreiras, Gisélia Curry, concorda que o final do ano traz a possibilidade de abertura de novas vagas, em especial de  estágio.

Ela destaca que a atividade permite que os alunos dos mais diversos cursos universitários vivenciem experiências profissionais, funcionando como um verdadeiro complemento ao aprendizado de sala de aula.

“É certo que, com o mercado mais competitivo, o nível de exigência na contratação de estagiários também se elevou. As empresas hoje investem em estudantes que possam agregar à organização, com potencial de dar continuidade e auxiliar a empresa no processo de inovação e produtividade em seus negócios”, disse.

Para a diretora da Associação Brasileira de Recursos Humanos - Seccional Espírito Santo (ABRH-ES), Alessandra Zanotti, o estágio facilita a entrada do estudante no mercado e é importante para que ele entenda como funciona uma empresa e o trabalho em equipe.

"Por isso, ele deve procurar oportunidade o quanto antes, independentemente se está no início ou no final do curso. E não é porque está de férias que o estudante não deve procurar vaga. Ele deve aproveitar o período de estágio para adquirir o maior conhecimento possível, além de procurar saber sobre as demais áreas da empresa, mesmo que não seja contratado após o encerramento do contrato. É bom lembrar que, mesmo se não for contratado, a experiência vai ajudar no futuro", disse.

Compartilhe