O mundo presencia um momento de excesso nas informações. Diariamente, as telas são tomadas por diversos conteúdos, sejam eles, notícias, mensagens, vídeos, fotos e outros modelos ainda em desenvolvimento. Você se sente afetado por esse exagero? Às vezes, precisamos de um intervalo para nos tranquilizar! Como forma de compreender quais são as aflições causadas e como controlá-las, fique e descubra nesta matéria opções de leitura para te auxiliar.  

Quando nos submetemos a esse acesso sem mediação, podem surgir complicações. “A Síndrome do Pensamento acelerado acaba afetando todos nós. Além disso, convivemos com traumas, vulnerabilidades e outros transtornos psicológicos como a depressão, por exemplo”, aponta a psicóloga Natália Esteves, como um dos efeitos de viver nessa era. 

A ansiedade também é consequência da tentativa do cérebro de acompanhar os meios tecnológicos na mesma velocidade. Em algumas situações esse elemento é comum. “O sentimento de nervosismo é saudável até certo ponto. Ele pode ser instigado por um evento próximo, um encontro, uma entrevista de emprego ou para uma prova de vestibular. O problema está quando o sintoma passa a ser uma patologia, em caso de recorrência, consulte um profissional”, adverte Natália.

Como forma de amenizar a sensação de angústia, considerar ocupações fora do meio digital pode ajudar. "Acrescentar instantes de descontração é benéfico para a mente e o corpo. Ler um livro, praticar atividades físicas ou artísticas pode reduzir o estresse e ser uma ferramenta de controle”, orienta a especialista. 

 

Exemplares sobre autoconhecimento 

Fora dos termos técnicos, as indicações da psicóloga auxiliam no entendimento desse fator. Elas promovem uma noção sobre os episódios de crise. 

 

"A Coragem de Ser Imperfeito: como lidar com a vulnerabilidade e o medo de se expor emocionalmente", de Brené Brown 

Esse título aborda, como é descrito no próprio, o receio dos seres humanos em serem imperfeitos. Ele trata o assunto considerando as “grandes ideias”, ou melhor, lições de vida. 

Uma delas é “seja seu próprio amigo”, nessa passagem a autora propõe a aceitação de si mesmo. Não é necessário ser perfeito em todos os aspectos, então reduza a auto cobrança. Com isso em mente, os afazeres ficam menos estressantes e o medo de errar é reduzido. 

Brené constrói a narrativa para reverter as pressões impostas pela sociedade. Em sua pesquisa presente nas linhas, ela ressalta como a expressão de nossos sentimentos é regulada por essas imposições. Portanto, ultrapassar esses conceitos pode significar uma demonstração de fraqueza. Ao mesmo tempo, a preocupação em estar dentro dos padrões transforma coisas simples em um problema elaborado. 

A editora Sextante é responsável pela publicação dos conselhos de Brené. Você ficou interessado no conteúdo? Adicione em sua lista agora mesmo! 

 

"Talvez você deva conversar com alguém", de Lori Gottlieb

Você já se perguntou como os terapeutas lidam com os nossos problemas? Eles, como profissionais, conseguem resolver as suas próprias questões com mais facilidade? Se sim, esse é o momento de sanar algumas dúvidas como essas. 

A autora e profissional no cuidado com a mente, discorre sobre como lidamos com nossos medos, receios e aflições durante a existência. Para explorar essa temática, ela conta sobre a sua busca por tratamento psicológico de confiança. Além disso, aponta casos reais e as orientações feitas em sessão para fortalecer a eficiência da terapia quando precisamos encarar situações difíceis. 

Lori utiliza esses exemplos para explicar algumas questões e desmistificar conceitos. Para quem ficou curioso, o best seller da editora Vestígio está disponível no formato físico, audiobook e e-book. 

 

“Ansiedade: como enfrentar o mal do século”, de Augusto Cury 

O autor brasileiro aponta, nesta obra, o mal do século XXI. Ele expõe como a aceleração contemporânea interfere negativamente no bem-estar. Como resultado disso, surgem danos na qualidade do sono, memória e logo na forma de alinharmos comportamentos cotidianos. 

Para o psicanalista, se isolar dessa carga de dados e pensamentos não é uma saída saudável. No entanto, ele passa tarefas simples para guiar o leitor na missão de enfrentar esse problema e equilibrar os dois elementos.

A fim de conferir as idéias do professor, a editora Benvirá transmite essa possibilidade para o público. 

 

"As Coisas Que Você Só Vê Quando Desacelera: como manter a calma em um mundo frenético", de Haemin Sunim

O monge e escritor Haemin Sunim começa sua produção com um pedido aos leitores, instrui dedicar o seu tempo e usá-lo para reflexão e meditação em meio às agitações da vida. 

Composto por oito capítulos, o trabalho contempla assuntos como relacionamentos, carreira, amor, vocação e espiritualidade. Ele indica, durante as páginas, tratar essas áreas com atenção plena. Assim, é plausível alcançar a satisfação. 

Como forma de fundamentar os ensinamentos, Sunim preenche o escrito com as próprias vivências. Ademais, ele coloca frases de contemplação e deixa ilustrações para acalmar a consciência durante o processo. 

“O mundo é experimentado de acordo com o estado mental de cada um”, reflete o autor em seu primeiro tópico. Reforçando o descanso, como fez Cury na dica anterior, como prática essencial antes de tomar as devidas decisões. 

A editora Sextante também tem esse nome em sua estante de publicações. Adicione essa referência para compor o seu repertório. 

Esse exercício aplicado todos os dias, não só proporciona conhecimento como auxilia no tratamento das dificuldades mentais. “Tente ler pelo menos duas ou três folhas por dia, até mesmo um capítulo por semana, defina metas reais. Não deixe de separar um tempo para você! Por último, mas não menos importante, faça terapia”, conclui Natália Esteves. 

Ficou interessado? Não deixe de buscar as sugestões e preparar uma xícara de chá como companhia na apreciação. Calma! As boas notícias não acabam por aqui, se você gosta de visitar lugares inusitados e aproveitar experiências incríveis, não deixe de conferir as exposições disponíveis, os concursos para expor seus talentos e cursos gratuitos para se capacitar ainda mais. 

Quer ver mais sobre a temática ansiedade? Então, não deixe de inscrever-se na Feira de Estágios Nube 2022 e acompanhar os painéis repletos de dicas com experts. Assim, você aprende técnicas para não sofrer com o nervosismo em uma entrevista de emprego, lidar com o estresse e muito mais, tudo isso on-line e sem nenhum custo. 

Para ficar sabendo de mais oportunidades como essa e outras orientações, o Nube está presente nas redes sociais. Nos acompanhe no Twitter, Instagram, Facebook, TikTok e Linkedin pelo @nubevagas.

Até o próximo domingo com mais dicas de leitura! Não deixe de comentar qual das obras você gostou mais!

Seja nosso seguidor no Twitter (@nubevagas) e veja notícias diárias de ações, vagas de estágio e aprendizagem, palestras e muito mais. Assista nossos vídeos de dicas no YouTube e participe da nossa página no Facebook. Agora estamos também no Instagram , Tiktok e no Linkedin. Esperamos você em nossas redes sociais!

O Nube também oferece cursos on-line voltados para a qualificação profissional de estagiários e aprendizes. Basta acessar o link www.nube.com.br/ead. Todos os serviços para o estudante são gratuitos. Já instalou nosso aplicativo "Nube Vagas" em seu celular? Com ele você será notificado a cada nova oportunidade. Disponível na Apple Store e Play Store.

Compartilhe