Trabalhar com quem se gosta é um proveito fundamental para o desempenho do colaborador. Afinal, esse diálogo facilitado torna as demandas mais simples e seu desenvolvimento mais prazeroso. Contudo, essa interação pode ser prejudicial se não for bem observada. Nesse sentido, o Nube - Núcleo Brasileiro de Estágios realizou um levantamento em seu site, entre 16 e 27 de maio de 2022, contando com a participação de 21.901 jovens de 15 a 29 anos, perguntando: “o comportamento das pessoas interfere no seu desempenho?”. Como resultado, encontramos um empate técnico, com grande parte dos envolvidos tranquilos com a conduta alheia. 

Entenda mais sobre o comportamento das pessoas ao lado de seus colegas no ambiente de trabalho e como isso pode impactar seu cotidiano 

Com 32,8% (ou 7.190) dos votos, praticamente um terço dos participantes se consideram racionais e dizem evitar o envolvimento com questões alheias, afinal, é essencial saber a hora de se comprometer. Segundo Mauro Felix, professor de psicologia da Faculdade Presbiteriana Mackenzie Rio, “quando escolhemos uma profissão, estamos decidindo por representar um papel, ou seja, exigirá uma série de comportamentos, habilidades, postura, atitudes, capacidades, formas de se comunicar, dentre outros requisitos”, afirma. 

Em todas as relações, sejam elas pessoais ou profissionais, o equilíbrio é crucial. Um dos fatores primordiais em um ambiente de trabalho é a empatia, ou seja, essa condição de se colocar no lugar do outro, torna o espaço mais agradável e seguro. “O mundo e as demandas mudam, mas as necessidades humanas de se realizar na carreira permanecem. Temos que olhar a nossa carreira para além de um mero encaixe na sociedade e no mercado”, expressa o professor. No entanto, é imprescindível avaliar até qual ponto o seu posicionamento pode prejudicá-lo ou até mesmo, a sua intervenção não seja para o bem dos envolvidos. 

Nesse cenário, é indispensável estar atento. Um dos fatores comportamentais da assertividade está em se posicionar corretamente expondo sua opinião, para resultar em ganhos para todos. Por vezes, entrar em causas individuais quando o coletivo não está sob risco pode gerar um desgaste desnecessário. O melhor a ser feito é escutar de forma ativa quem está vivendo a questão em si, para a pessoa se sentir confortada e se estiver dentro das suas capacidades, orientá-la a levar o problema a quem de fato terá papel na solução do caso. 

Segundo Alexandre Trindade, técnico de manutenção em uma transportadora, manter uma interação clara é vital para um convívio agradável no escritório. “Principalmente a comunicação, quando não é saudável propicia a existência de lacunas e elas ficam sendo cobradas pelos dois lados, às vezes criando diversos atritos”. Portanto, é necessário ter cautela quando se projeta alguma informação para o próximo, pois a interpretação desse lado pode se tornar um problema para ambos. 

Para 32,4% (7.106) dos respondentes nem sempre foi assim, agora há uma facilidade em criar um filtro, porém os mesmos já foram afetados desfavoravelmente pelos colegas. A primeira coisa e a mais desafiadora é reconhecer se está sob esse tipo de influência negativa. Se a situação estiver gerando desconforto e colocando em risco o clima e a sinergia da equipe, vale a pena uma intervenção sábia, demonstrando a sua disposição e o mais importante, falando por si mesmo, não envolvendo outras pessoas para não comprometê-las. 

É preciso estar atento sobre quais batalhas comprar na dimensão corporativa! Tenha um olhar crítico e saiba quando se envolver! 

Isso entra na situação de 1,9% (428) dos cidadãos, os quais abertamente se reconhecem como influenciáveis, dizendo serem muito comovidos. Na maioria das vezes, estar inserido nessa dinâmica acontece de modo automático, raramente é percebido. Os indicadores para mostrar o quanto algo precisa ser feito são os resultados obtidos e os feedbacks recebidos. Além de reconhecer, avalie o grau de intensidade da relação, quanto mais juntos, maior será. Então, deixe claro seu foco e concentração, também se permita estar com pessoas diferentes sem romper de forma abrupta o elo já existente. 

Esse laço com o time é fundamental para o desempenho das partes. Para Trindade, “todos estão no mesmo barco, qualquer conquista beneficia o time, assim como qualquer erro pode nos afetar de alguma forma”. Inclusive, 6,5% (1.427) dos interrogados afirmaram serem animais sociais e disseram dividir os sentimentos, ficando tristes e felizes juntos. Partilhar esse espírito com o grupo é vital, contudo, é essencial ter cautela. 

Porém, depende da intenção neste compartilhamento! No meio corporativo, criar uma rede de intrigas e fofocas é fácil, principalmente, com um comentário mal intencionado. Locais nos quais essas ponderações aleatórias e paralelas acabam sendo superiores aos assuntos profissionais tendem a fracassar em seus propósitos. Concentrar-se nos aspectos positivos e ser um agente de solução quanto aos erros é o mais saudável e coerente a ser feito. 

Por fim, para completar o estudo, 26,2% (5.750) dos envolvidos destacam o quanto seu próprio comportamento nunca muda, pois são focados em suas metas. Contudo, é preciso avaliar o quanto isso impactará nas suas relações interpessoais. Nós como seres biopsicossociais, temos as interações como demanda, no entanto, é necessário estarmos abertos a nos adaptar a todos os obstáculos existentes nessa trajetória. Manter a energia em seus próprios objetivos fará as escolhas e decisões desafiadoras serem tomadas a fim de se alcançar o desejado. Lembrando: no decorrer destes processos, pessoas serão canais para eles serem alcançados. 

Por fim, para ter acesso a diversas pesquisas do Nube e descobrir um pouco mais sobre os posicionamentos dos jovens, clique aqui! Além disso, compartilhamos conteúdos diariamente, por isso, continue acompanhando nosso blog e conheça as redes sociais, para visualizar opiniões, dicas e sugestões de inúmeros especialistas, de diferentes empresas e ocupações. Assim, você consegue ampliar seus conhecimentos com diversos ângulos de visão e já aprende com quem tem experiência! 

Se está à procura de uma oportunidade para ingressar no mercado de trabalho ou mesmo de recolocação profissional, confira o nosso Painel de Vagas e encontre a ideal para o seu perfil! Também invista em turbinar suas competências para ser destaque em qualquer processo seletivo, faça nossos cursos gratuitos! Temos diversas opções, desde gestão de tempo, como elaborar um currículo, falar em público com maestria até marketing pessoal. Enfim, não se esqueça: conte sempre com o Nube para alcançar o sucesso! 

Seja nosso seguidor no Twitter (@nubevagas) e veja notícias diárias de ações, vagas de estágio e aprendizagem, palestras e muito mais. Assista nossos vídeos de dicas no YouTube e participe da nossa página no Facebook. Agora estamos também no Instagram , Tiktok e no Linkedin. Esperamos você em nossas redes sociais!

O Nube também oferece cursos on-line voltados para a qualificação profissional de estagiários e aprendizes. Basta acessar o link www.nube.com.br/ead. Todos os serviços para o estudante são gratuitos. Já instalou nosso aplicativo "Nube Vagas" em seu celular? Com ele você será notificado a cada nova oportunidade. Disponível na Apple Store e Play Store.

Compartilhe