A participação feminina nas tomadas de decisões cresceu muito em empresas de todos os segmentos. Na área de tecnologia, por exemplo, aumentou 60% nos últimos cinco anos, de acordo com dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged). Apesar do resultado positivo, as mulheres ainda não são a maioria no mundo tech, representando apenas 20% do total de profissionais do campo no Brasil. Sendo assim, conheça como está o mercado de trabalho atualmente para elas e descubra dicas para navegar nesse universo! 

Liderança feminina: como as mulheres estão enfrentando o mercado de trabalho? 

Consoante à Priscila Gasperin, gestora de Recursos Humanos da Dootax, é vital dar espaço para todas as pessoas na dimensão empresarial. Nos processos seletivos, quando existe um número expressivo de mulheres, ficamos muito felizes, principalmente se a candidata tiver as competências técnicas e comportamentais necessárias para uma admissão feminina, pois sabemos o quando esse segmento tem, em sua maioria, profissionais homens e queremos mudar isso, afirma. 

A Dootax, startup pioneira em otimizar rotinas fiscais, possui 79 colaboradores, desse total, 43,7% são moças. O objetivo do departamento de RH é aumentar cada vez mais esse número. Para Rafaela Melo, a corporação, além de trazer novas oportunidades, está preocupada em proporcionar voz. “Temos a liberdade e a missão de inovar sempre, buscar impacto positivo focando empresas e pessoas”, comenta. 

Todavia, em geral, o mercado ainda é desafiador. Uma pesquisa realizada pela consultoria global de tecnologia Thoughtworks, entre novembro de 2018 e março de 2019, mostra como ainda existem barreiras para serem superadas. No estudo, 57% delas se formaram em centros de ensinos formais, porém ainda existe uma alta porcentagem de quem começou a aprender as funções da área de forma livre. 

No entanto, especialistas acreditam em uma elevação dessas estatísticas, pois, academicamente, a média de mulheres estudantes chega a 60%, conforme o Centro de Gestão e Estudos Estratégicos. Isso porque elas costumam se preparar mais para serem admitidas. Segundo a edição de 2019 do Índice de Desenvolvimento de Gênero (IDG), divulgado pelo Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (Pnud), elas têm 15,8 anos esperados de escolaridade e a média é de 8,1 anos de aprendizado, enquanto os homens possuem 15 anos e 7,6 anos, respectivamente. 

Quem manda são elas! Cada vez mais as tomadas de decisões corporativas partem das mulheres

Segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), de 2019, apenas 37,4% das posições gerenciais no Brasil são ocupadas por mulheres. Entretanto, nos últimos anos, nas empresas de médio porte, o perfil feminino conquistou mais cargos de gestão e passou a representar 39% dos executivos com o poder de decisão, conforme o relatório Women in Business 2021, levantamento anual da Grant Thornton. 

Apesar do desequilíbrio de gênero, uma nova geração está chegando para fazer a diferença. “No setor tecnológico não é diferente, onde o ambiente é, predominantemente, masculino. Fatores históricos e culturais influenciaram, por muitos anos, a percepção de profissões vistas como femininas, mas com o passar do tempo, muitas vêm buscando alterar essas estatísticas”, pontua Thaís Ischiara, head de Marketing & Impacto na Caravel X. 

Contudo, essa concepção de equidade precisa ser internalizada e vista como estratégia para as companhias se tornarem mais sustentáveis. “Muitas vezes fui preenchida pelos questionamentos de propósito. Buscar levantar a bandeira da igualdade de gênero, constantemente, era uma resposta. Sempre propus transformar o espaço masculinizado em um lugar, ao menos, mais acolhedor em comparação com a minha experiência”, ressalta Thaís. 

Com toda essa mudança acontecendo, as expectativas são promissoras para o amanhã. “Nós, mulheres, podemos cada vez mais mostrar nossas habilidades, forças, e como podemos unidas, transformar. Queremos conquistar muito além da independência financeira. Desejamos liberdade profissional para podermos ser nós mesmas no ambiente corporativo, ser respeitadas e reconhecidas dessa maneira”, destaca a head de Marketing e Impacto da Caravel X.

Entretanto, é imprescindível apostar nessa transformação, as instituições precisam ter consciência do investimento necessário, esforços em treinamentos e especializações para todos. “Estou confiante: seremos capazes de construir um ambiente do futuro, como a tecnologia proposta aos nossos clientes”, conclui Thaís. 

Mulher, saiba se destacar no mercado de trabalho! Conheça dicas! 

Embora a tendência seja para um futuro esperançoso com cada vez menos desigualdade entre os gêneros, as profissionais ainda enfrentam uma série de preconceitos e barreiras para conquistar uma carreira de prestígio. Com isso em mente, elencamos algumas dicas para elas se destacarem ainda mais em suas ocupações. Confira:

 
- Seja persistente:

Em geral esse conselho funciona para todos. Desanimar em função de uma falha não é uma opção para quem quer crescer profissionalmente. Quem alcança o topo precisa insistir muito em seus objetivos e metas para conquistar esse lugar. Portanto, seja persistente e não se acanhe. 

- Saiba ouvir e falar “não”:

Principalmente quando você vem de cargos mais baixos, ouvir “não” no ambiente empresarial acontece com muita frequência. Além de ser essencial para proporcionar desenvolvimento mediante obstáculos, também é um ponto de melhoria para você se conhecer mais e entender quais os seus limites, para também poder negar a pedidos. 

- Tenha coragem: 

Como nunca, é preciso ter bravura. Se desafie e batalhe pelas oportunidades, mesmo se duvidar de sua capacidade e considerar pouco provável de conseguir. Coragem é fundamental para crescer e ficar apenas na zona de conforto te tornará obsoleta. 

- Defina seus objetivos: 

Independentemente do aspecto, seja profissional ou pessoal, ter uma organização mediante suas metas é essencial para não se perder durante o caminho. Tenha seus objetivos definidos de forma clara e mensure seu crescimento por intermédio de ações realmente possíveis, para conseguir avançar e traçar essa evolução. 

- Aprenda a escutar:

Ao trabalhar com pessoas mais experientes, saiba aproveitar, extraia todas as informações possíveis e aprenda com os mínimos detalhes. Além de um networking de qualidade, isso aperfeiçoará sua própria atuação por meio de bons exemplos. 

- Seja curiosa:

A curiosidade é uma das melhores características para quem deseja progredir corporativamente. Além de ajudar a gerar novas ideias e caminhos de pensamento, também estimula o aprendizado.

Por fim, para ficar por dentro das novidades empresariais e tendências do mercado de trabalho, o Nube é seu aliado! Continue acompanhando nosso blog e conheça nossas redes sociais, pois, diariamente, compartilhamos dicas e sugestões de diversos especialistas. Também confira nossos cursos gratuitos para você turbinar seus conhecimentos e ser destaque por onde passar! Conte conosco!

Seja nosso seguidor no Twitter (@nubevagas) e veja notícias diárias de ações, vagas de estágio e aprendizagem, palestras e muito mais. Assista nossos vídeos de dicas no YouTube e participe da nossa página no Facebook. Agora estamos também no Instagram , Tiktok e no Linkedin. Esperamos você em nossas redes sociais!

O Nube também oferece cursos on-line voltados para a qualificação profissional de estagiários e aprendizes. Basta acessar o link www.nube.com.br/ead. Todos os serviços para o estudante são gratuitos. Já instalou nosso aplicativo "Nube Vagas" em seu celular? Com ele você será notificado a cada nova oportunidade. Disponível na Apple Store e Play Store.

Compartilhe