Segundo uma pesquisa do Instituto de Pesquisa Data Popular, cerca de 5% da população brasileira afirma saber inglês. Contudo, entre o público jovem, na faixa de 18 a 24 anos, o índice chega a 10,3%. Mesmo sendo o idioma mais falado do mundo, o baixo índice de conhecimento na nação diz respeito à falta de ensino básico de qualidade e da dificuldade de acesso aos cursos privados. No entanto, por que é tão importante aprender uma segunda língua? 

De acordo com os brasileiros, quais as principais motivações para aprender um novo idioma?

Ainda de acordo com o levantamento do Data Popular, a justificativa dos entrevistados para não cursarem uma língua estrangeira foram: falta de tempo (72%), cursos com preços altos (65%) e falta de dinheiro (34%). No entanto, nos últimos dois anos, após o início da pandemia de Covid-19, foi registrado um crescimento expressivo (59%) de alunos em busca por estudar por intermédio do ambiente EaD (Ensino à Distância). 

Inclusive, no Senac EaD, as lições de idiomas figuram entre as mais procuradas. Para Heverton Souza, há diversas opções para aprendizado e não se gasta tanto tempo para isso. “Os cursos com cinco níveis podem ser concluídos em até dez meses, se o aluno dedicar pelo menos 30 minutos ao estudo diário. Por outro lado, seguindo o mesmo método, os de três níveis são finalizados em até cinco meses”, revela o monitor do Senac EaD. 

Todavia, algumas pessoas ainda têm dificuldade de realizar atividades no ambiente virtual. Porém, é essencial desenvolver metodologias para estimular a interação entre os participantes, para incentivar a conversação. Ademais, uma das vantagens de aprender on-line está na flexibilidade de definir o melhor horário. “Além de se programar em qualquer hora, dia da semana e lugar do mundo, o aluno ainda tem a opção de baixar o arquivo de uma unidade para estudar off-line”, afirma Souza. 

Continuar sempre aprendendo é a melhor estratégia profissional

Consoante a Geoffrey Viegas, administrador de 82 anos, o essencial é nunca ficar parado. Ele mora em Lajeado (RS) e decidiu reforçar seus conhecimentos no Senac EaD. “Eu não tinha nenhuma habilidade com cursos à distância, mas resolvi superar os receios e me matriculei para relembrar o idioma hebraico”, opina. Ou seja, não há idade para iniciar aprendizagens de uma outra língua, nem mesmo para fortificar alguma já existente. 

Para Geoffrey, o obstáculo para aprender um novo dialeto é um problema cultural. “Percebo como algumas pessoas com mais idade colocam barreiras como a falta de familiaridade com informática ou a dificuldade de aprendizado. Porém, eu garanto: com força de vontade conseguimos conquistar nossos objetivos. Só não podemos deixar nosso cérebro parado”, afirma. 

Infográfico - Aprenda uma segunda língua com facilidade

 

Conheça cinco dicas para ajudar no aprendizado de idiomas

Conforme Souza, há muitos desafios na evolução desse domínio. Todavia, ele elenca cinco dicas para ajudar a desenvolver ainda mais a proficiência. Confira: 

1) Priorize esse aprendizado:

Disponha o estudo como prioridade na sua vida, você precisa incluí-lo na rotina e investir constantemente nessa prática. “Percebo como muitos estudantes colocam esse aprendizado em segundo plano, quando deveria ser um dos primeiros”, comenta Souza. 

2) Ouça músicas no idioma pretendido:

Isso pode ser uma grande aula. Você pode esmiuçar, escreva a letra da música, escute atentamente, realize a leitura e, literalmente, cante! Assim, você melhora a sua escrita, sua interpretação e pronúncia. Além disso, quando você fala em voz alta, é mais fácil de perceber algum erro. 

3) Assista séries sem dublagem:

Experimente sair da zona de conforto, ao assistir aquela série ou seu filme favorito, não use dublagem. Veja todo o conteúdo em sua língua original com legenda, pois isso já soma na prática de leitura e audição. 

4) Sempre relembre expressões:

“Que tal post-it? Outra dica para incrementar o vocabulário é anotar nomes dos objetos pela casa no idioma escolhido”, indica Souza. Essa ação vai mantê-lo em contato diário e ajudará a fixar palavras e expressões. 

Aprender inglês desde a infância é uma ótima estratégia para crescimento profissional 

Ao perceber a importância do inglês, a busca pelo aprendizado movimentou o setor educacional. Afinal, aprender um segundo dialeto vai muito além de saber falar, é também entender uma nova cultura, uma maneira diferente de ver o mundo e se relacionar com ele. Nesse cenário, uma criança com contato desde a infância tem seus horizontes expandidos com naturalidade, para uma infinidade de possibilidades e já cresce formando novas ideias. 

Afinal, é nessa fase da vida na qual os indivíduos começam a registrar e a evoluir diversas perspectivas, como comportamento social, estrutura emocional, desenvolvimento cognitivo e até mesmo aspectos físicos. Sendo assim, inserir esse estudo do dialeto, de uma maneira prazerosa para os pequenos, motiva a querer continuar futuramente com a atividade, e com isso, o aprendizado se solidifica e se amplia. 

Conforme uma pesquisa realizada pela Associação Brasileira de Ensino Bilíngue (Abebi), houve um aumento de 10% pela procura do inglês nos últimos cinco anos. Em um recorte de região pelo Brasil, a Kumon apontou uma elevação na busca no Nordeste e no Sul, com índice de crescimento de 10% de fevereiro de 2021 até o mesmo período de 2022. 

No entanto, o ensino bilíngue na nação ainda é pouco avançado, comparado com países como Portugal, Chile e Argentina. Segundo dados da EF Education First, realizado em 2021, nosso país se encontra na posição de número 60 no ranking de proficiência em inglês. “Hoje, a fluência em uma segunda língua deixou de ser um diferencial e se tornou um pré-requisito, ainda mais para quem quer alçar novos voos no mercado de trabalho”, conta Amanda Chaud, pós-graduada em neuropsicopedagogia e coordenadora pedagógica de Inglês do Kumon América do Sul. 

Por fim, para estar por dentro das tendências corporativas e ter acesso a todas as novidades, o Nube é seu aliado! Além disso, é essencial nunca parar de estudar, com o cenário cada vez mais interconectado, ter domínio do inglês é imprescindível para alcançar novas oportunidades. Enfim, continue acompanhando nosso blog e conheça as redes sociais, pois, diariamente, compartilhamos dicas e sugestões de diversos especialistas. Não se esqueça: conte conosco! 

Seja nosso seguidor no Twitter (@nubevagas) e veja notícias diárias de ações, vagas de estágio e aprendizagem, palestras e muito mais. Assista nossos vídeos de dicas no YouTube e participe da nossa página no Facebook. Agora estamos também no Instagram e no Linkedin. Esperamos você em nossas redes sociais!

O Nube também oferece cursos on-line voltados para a qualificação profissional de estagiários e aprendizes. Basta acessar o link www.nube.com.br/ead. Todos os serviços para o estudante são gratuitos. Já instalou nosso aplicativo "Nube Vagas" em seu celular? Com ele você será notificado a cada nova oportunidade. Disponível na Apple Store e Play Store.

Compartilhe