As prioridades das pessoas vêm mudando, sobretudo, a respeito da carreira. Atualmente, os talentos são os protagonistas das oportunidades, escolhendo as posições e benefícios mais agradáveis e alinhados com seus planos. Portanto, certamente, esse conteúdo interessa para você, estagiário ou aprendiz. Continue lendo e fique por dentro!

O apoio médico está em primeiro lugar no ranking!

Segundo levantamento da Universidade da Califórnia, um trabalhador feliz é, em média, 31% mais produtivo, três vezes mais criativo e vende 37% mais em relação aos demais. Ou seja, está aí a preocupação com o bem-estar e motivação coletiva dos RHs das organizações.

Pensando nisso, o Nube fez um estudo, entre 21 de março e 1º de abril, com a participação de 30.071 jovens de 15 a 29 anos, perguntando: “qual benefício você mais desejaria receber de uma empresa?”. Como resultado, encontramos a assistência médica e odontológica no topo do ranking, seguida pelo incentivo à qualificação profissional.

A maioria dos entrevistados, (57,78%) opta por ter um apoio médico e odontológico por parte da empresa. “Os colaboradores buscam possibilidades além do salário, ou seja, as quais oferecem um bom pacote de benefícios. Assim, com o aumento de planos de saúde e uma baixa confiança no sistema público, ter essa alternativa se torna uma vantagem de peso”, explica o analista de treinamento do Nube, Gabriel Siqueira.

Além disso, pode-se dispor de possibilidades para o cuidado mental, o qual ficou muito evidente depois da pandemia, principalmente. “Hoje em dia, temas como ansiedade, síndrome do Burnout, depressão e até suicídio são pautas trazidas pelodepartamento de recursos humanos (RH) para suas corporações com o intuito de cuidar cada vez mais da felicidade e bem-estar dos seus internos”, afirma a psicóloga especializada em gestão de RH e analista de treinamento e RH na BiUP Educação, Elizabeth Nickel.

Nesse contexto, de acordo com estudo recente da OMS (Organização Mundial da Saúde), uma a cada cinco pessoas pode sofrer de algum problema de saúde mental no ofício. “Ainda hoje, há quem acredite na separação emocional do cooperador. Contudo, como seria possível quando ambas impactam diretamente uma na outra? Afinal, quando algo não vai bem na mente, é notável a repercussão no serviço, causando perda de produtividade, queda na qualidade, podendo acarretar muitas vezes até em ausências”, adverte a psicóloga.

Então, por que as organizações devem adotar novas medidas de RH e implantar a psicologia organizacional? “Boas condições laborais somadas a colaboradores equilibrados é a fórmula do crescimento saudável para uma instituição, seja ela pequena, média ou grande. Logo, o primeiro passo é começar a escutar e acolher a mão de obra humana e suas dores, assim como fazemos com os consumidores”, salienta Elizabeth.

A qualificação profissional está em evidência

Para 29,88%, o incentivo a cursos brilha os olhos. Diante de um mercado cada vez mais exigindo capacitação, as entidades com esse programa ganham pontos com os candidatos. “O apoio à formação mostra como a empresa se interessa em fazer parte da progressão desse indivíduo, ou seja, participando ativamente do seu desenvolvimento”, complementa ele.

As corporações então podem promover também a participação da equipe em eventos e especializações para transparecer o quanto estão preocupados em evoluir e inserir seus trabalhadores cada vez mais no ecossistema de tecnologia e inovação.

Ao encontrar essa oportunidade, o analista sugere: “primeiramente tenha clareza sobre os seus objetivos, sobretudo profissionais, e tente entender qual tipo de trilha de informação faz sentido na sua evolução junto ao seu gestor. Assim, explore as ferramentas para aprimorar e refinar seus conhecimentos”.

Saúde e incentivo intelectual estão no pódio também

Frente uma queda drástica nas porcentagens, somente 5,45% anseiam por ajuda de custo de academia. “O GymPass e outras redes visam o bem-estar e cuidado com o contratado fora do ofício, ou seja, apresenta ao funcionário um cuidado além do convencional”, descreve Siqueira. Dessa forma, o número de trabalhadores sem faltas ou atestados é menor em entidades com esse auxílio, conforme estudo da Gallup.

Seguindo os baixos índices no “queridômetro” dos brasileiros, 3,47% valoriza um vale cultura. “Assim como a ajuda de custo com os exercícios físicos, o objetivo é proporcionar qualidade de vida. Isso foi criado pelo governo federal para estimular o acesso às atividades culturais do país. Sobretudo, essa é uma saída para fomentar o desenvolvimento intelectual e cultural dos cooperadores, levando mais conhecimento a eles”, avalia o analista de treinamento do Nube.

A previdência privada ainda importa?

Apenas 3,43% buscam pela previdência privada ao prospectar uma chance laboral. “O benefício de ter estruturado um plano de previdência privada é um diferencial, mas de valor distinto, frente a outros proveitos. Afinal, hoje, os principais bancos e instituições financeiras, possuem planos de previdência privada modelados à realidade do profissional”, expõe o especialista.

É claro, essa “regalia” permite a estruturação de uma futura aposentadoria mais tranquila e mais breve. “Contudo, o importante é o talento entender como a companhia oferece esse plano e se faz sentido para o seu futuro”, finaliza Siqueira. Até porque, com as instabilidades econômicas, a “segurança” de tem uma posição no mercado é mais relevante, muitas vezes.

A conjuntura está cada vez mais dinâmica, incerta e em constante mudança. Então, quem é capaz de lidar com tudo isso com flexibilidade e adaptabilidade terá mais facilidade para circular no mercado. Bem como quem souber se vender, conquistará seu espaço e crescerá um passo de cada vez.

Portanto, alinhe-se com as tendências. Se você é uma entidade, ofereça qualificações para o staff, o retorno é garantido! Acompanhe também nosso blog e as redes sociais, pois publicamos conteúdos diariamente e temos opiniões de diferentes especialistas. Assim, você se mantém atualizado e ainda se destaca no universo corporativo. Conte com o Nube!

Seja nosso seguidor no Twitter (@nubevagas) e veja notícias diárias de ações, vagas de estágio e aprendizagem, palestras e muito mais. Assista nossos vídeos de dicas no YouTube e participe da nossa página no Facebook. Agora estamos também no Instagram e no Linkedin. Esperamos você em nossas redes sociais!

O Nube também oferece cursos on-line voltados para a qualificação profissional de estagiários e aprendizes. Basta acessar o link www.nube.com.br/ead. Todos os serviços para o estudante são gratuitos. Já instalou nosso aplicativo "Nube Vagas" em seu celular? Com ele você será notificado a cada nova oportunidade. Disponível na Apple Store e Play Store.

Compartilhe