Gerir as próprias metas, emoções, carreira, entre outras vertentes não é uma missão fácil. Afinal, tendemos a cair na autossabotagem e na procrastinação, você já passou por isso? Nessa autogestão, o conhecimento de si mesmo é um dos pontos essenciais, mas também é importante estar atento ao redor para sempre estar em desenvolvimento e evolução. Portanto, estagiários e aprendizes fiquem atentos!

Mude seu pensamento

No decorrer da nossa vida, somos expostos a milhares de situações as quais acarretam em efeitos bons ou ruins. Nesses momentos de conflitos, adversidades, problemas e discussões, sentimentos desagradáveis pairam sobre nós e, assim, pensamentos negativos começam a interferir no nosso modo de viver.

Quando crianças, acabamos condicionados a adquirir alguns padrões de comportamento com a fantasia da proteção de problemas. Entretanto, quando adultos, essa tática não funciona, mas começa a impedir o crescimento profissional e pessoal. Chamados de sabotadores, eles nos deixam parados. Então, não sair da zona de conforto, nem buscar melhorias e inovar, ter medo de iniciar coisas novas, etc., são algumas das inibições.

Nesse sentido, a especialista em gestão de pessoas e desenvolvimento humano e hipnoterapeuta, Madalena Feliciano, explica como esses percalços podem interferir na vida: “todo mundo tem essas questões e isso é um fato. Elas surgem como medidas protetivas, mas a longo prazo anulam o nosso progresso, nos deixando constantemente ressabiados em avançar”.

Às vezes, podemos até confundir tais gatilhos, como quando achamos a autocrítica muito eficiente. Algumas atitudes exigem uma tomada de decisão diferente das habituais, por exemplo, quando é necessário sair da zona de conforto. “Esse ano para mim já era”, “isso não é para mim”, “eu não vou conseguir”, são alguns exemplos e podem nos colocar para baixo e impedir a nossa desenvoltura.

“Esses padrões ruins devem ser eliminados para reprogramarmos a nossa mente a fim de elevar a consciência pessoal, a nossa sabedoria e enfraquecer o nosso crítico sabotador”, diz a especialista em desenvolvimento humano. Ou seja, o primeiro passo é olhar para dentro e fazer uma análise.

Identifique seus pontos “sábios”

De acordo com Madalena, precisamos potencializar o senso “sábio” - parte da nossa mente a qual comanda as emoções e decisões. Por ele temos empatia, ânimo, compaixão, etc. Isso está inato a nós, mas pode ser danificado no decorrer dos anos, quando nos desmotivam.

Sendo assim, a especialista em gestão de pessoas e desenvolvimento humano listou alguns pontos importantes para termos cuidado. Veja:

Empatia: pessoas sábias, mesmo com dificuldades, sempre tendem a se colocar no lugar do próximo. Entender como não somos o centro de tudo é importante para melhorar. Logo, a empatia é fundamental, pois ensina a ouvir, aprender e conhecer mais.

Explorar: ser curioso, explorar a si mesmo e o outro também é significativo. Saber como andam as coisas dentro de você, aprender com as suas conquistas e falhas é preciso levar em conta e evitar novos erros.

Inovar: busque fazer as coisas de formas diferentes. Fuja dos parâmetros tradicionais. Inove. Se o caminho atual não está te levando para próximo do seu objetivo, trace um novo trajeto.

Navegar: alinhe-se com a sua meta. Logo, faça um planejamento e não ande em círculos. Conecte-se consigo mesmo, os seus valores, propósito, etc. A sua bússola interna deve estar bem posicionada com o seu querer.

Ação: aja! Tome atitudes. Não basta somente ter foco, determinação e motivação.

Pegue mais leve com você!

A partir disso, entenda como se deve proceder para enfraquecer a autocrítica. Observe:

  • Faça um plano de ação. A partir de hoje, como você quer agir? Liste as coisas inéditas as quais você anseia para a sua vida. Essas ideias serão a sua alavanca. Não fique na mesmice.
  • Seja humilde, aceite os aperfeiçoamentos. Estamos em uma época na qual o aprendizado deve ser contínuo, conceito conhecido como lifelong learning. Portanto, não há tempo a perder!
  • Conscientize-se. Perceba as suas emoções durante o dia e identifique quando a raiva aparece ou a tristeza e trabalhe isso.

Autossabotagem profissional

Segundo o gestor financeiro e autor Vinícius Guarnieri, a realidade da autossabotagem pode ser observada no contexto corporativo também. O sucesso das empresas obviamente está ligado às contribuições de líderes e colaboradores. Entretanto, em meio às atitudes vencedoras, podem ser detectadas ações altamente prejudiciais ao negócio.

“O consciente determina vencer, enquanto o inconsciente, muito mais expressivo, dissolve as possibilidades aparentes da assertividade. Nesse momento, o olhar do líder deve ser para a verificação de quais e quão profundas são as raízes das crenças nocivas infiltradas e determinar como ‘removê-las’”, sugere o autor. Ou seja, mais uma vez o autoconhecimento é essencial.

Portanto, é preciso remover as barreiras colocadas entre o sonho e a realização, a mente criadora e a obra a ser concretizada. Para ajudar nesse processo reflexivo, Guarnieri detalha algumas reflexões a serem feitas, a fim de evitar cair na autossabotagem profissional. Confira:

  • Projetos novos não trarão, necessariamente, os resultados financeiros almejados, principalmente se os classifica como “tábua de salvação”;
  • As armadilhas podem estar disfarçadas de oportunidades. Cuidado;
    Você não é o único detentor de soluções, simplesmente por conhecer bem o seu negócio. Provavelmente, já desprezou as melhores saídas sugeridas pelos funcionários. Atente-se;
  • Desarme-se! Nem todos são inimigos ou querem seu dinheiro;
  • Ouça mais e avalie melhor seus parceiros. Há quem fale a verdade sem intenção alguma de humilhá-lo, mas por respeitar sua essência;
  • Negar o problema é a forma mais evidente de se autossabotar, mude isso;
    Se entregue, criteriosamente, ao processo de olhar interiormente. Faça uma análise pregressa da sua vida.

Portanto, não se deixe levar pela pressão, tudo é possível! Acompanhe nosso blog e as redes sociais, pois publicamos conteúdos diariamente e temos opiniões de diferentes especialistas. Assim, você se mantém atualizado e ainda se destaca no universo corporativo. Conte com o Nube!

Seja nosso seguidor no Twitter (@nubevagas) e veja notícias diárias de ações, vagas de estágio e aprendizagem, palestras e muito mais. Assista nossos vídeos de dicas no YouTube e participe da nossa página no Facebook. Agora estamos também no Instagram e no Linkedin. Esperamos você em nossas redes sociais!

O Nube também oferece cursos on-line voltados para a qualificação profissional de estagiários e aprendizes. Basta acessar o link www.nube.com.br/ead. Todos os serviços para o estudante são gratuitos. Já instalou nosso aplicativo "Nube Vagas" em seu celular? Com ele você será notificado a cada nova oportunidade. Disponível na Apple Store e Play Store.

Compartilhe