A revolução digital está cada vez mais inserida em nosso cotidiano, com a Internet sendo acessada em mais de 80% dos domicílios brasileiros, de acordo com a pesquisa TIC Domicílios, realizada pelo Centro Regional de Estudos para o Desenvolvimento da Sociedade da Informação - Cetic. Segundo o levantamento, o setor educacional e o entretenimento tiveram o maior crescimento no período avaliado. Logo, a conciliação dessas áreas é uma tendência para formar melhores estagiários e profissionais no futuro.

O uso da tecnologia

Desde os educadores até os alunos, a transformação digital tem mudado as tradicionais dinâmicas das salas de aula. Para o diretor pedagógico da BYJU’S FutureSchool, Roberto Moreno, a virtualização de produtos, processos e serviços melhora a experiência de ensino para todos os envolvidos. “Mesmo antes da pandemia, o segmento estava em atualização e, durante o isolamento social, isso foi acelerado. A tecnologia vem mudando a forma de aprender”, afirma.

Segundo Moreno, esses recursos facilitam a caminhada acadêmica. “Pessoas de todas as localidades, idades e com diferentes níveis socioeconômicos agora podem acessar as aulas. Além disso, temos disponíveis plataformas on-line para auxiliar na conversão de texto, quebrando barreiras para quem tem necessidades especiais”, ressalta.

Vídeos, gamificação e testes interativos são alguns formatos e conseguem alcançar e engajar um maior número de estudantes por diferentes assuntos, como ensino de uma nova língua ou programação. “Muitos desses modelos foram inicialmente utilizados como forma de entretenimento, mas hoje chamam atenção pelo seu potencial”, comenta o especialista.

O ensino personalizado ou adaptado permite a cada aluno estudar da sua maneira. “Criar essas soluções também tem sido um importante componente. Pais e educadores começam a perceber o valor de levar em conta as potencialidades dos jovens. Isso apresenta diversos benefícios para absorver e reter melhor as informações, além do discente se sentir envolvido”, finaliza o executivo.

Outras aplicações

Para ajudar os estudantes a mapear seu perfil e definir um plano de carreira, instituições de ensino têm apostado em ferramentas tecnológicas e mentorias com especialistas como alternativa. A Universidade Veiga de Almeida (UVA), do Rio de Janeiro, por exemplo, criou a área de Sucesso do Estudante. Nela, os matriculados têm acesso a serviços como questionários para identificar valores pessoais, competências e traços de personalidade, simulação de processos seletivos e orientação de carreira.

Para o professor de Gestão de Recursos Humanos, Wagner Salles, essas práticas impactarão positivamente o mercado de trabalho. “A incompatibilidade de valores leva a conflitos constantes nas corporações, desmotivação, cobranças intensas e baixa produtividade, inclusive culminando na demissão. Por isso, essas ações são essenciais”.

De acordo com Salles, muitos candidatos, quando lêem sobre as soft skills mais exigidas, correm para se moldar a essas capacidades. Contudo, acabam deixando de lado outras habilidades cruciais para sua atuação. Dessa forma, usar as ferramentas modernas para auxiliar nessa missão pode render bons frutos.

Para o professor, essa atitude ajudará bastante os jovens. “Precisamos buscar o aperfeiçoamento, mas esse deve ser um processo guiado e não coercitivo. Por isso, o autoconhecimento se torna essencial, ou seja, uma sólida avaliação de características pessoais”, completa o especialista.

Logo, a inovação pode alterar o método de escolha de profissão daqui para frente. Assim, a chance de acertar na hora dessa decisão fica muito maior. Ou seja, isso acarreta em colaboradores mais felizes, menor turnover nas organizações e, consequentemente, melhores resultados. Afinal, cada um optará pela área com maior afinidade e desejo de atuar pelo resto da vida.

A tecnologia avança mais a cada dia e, se bem utilizada, proporciona benefícios infinitos. A criatividade para elaborar plataformas de melhorias para a população é determinante para os próximos anos. As novas gerações são naturalmente digitais e devemos aproveitar desses instrumentos para engajá-las da maneira correta.

Portanto, esteja ligado nas novidades pelo mundo e não fique para trás. Dessa forma, você está sempre de acordo com as tendências do mercado e largará na frente dos concorrentes. Se você busca uma oportunidade de estágio ou aprendizagem, visite o nosso painel de vagas. Boa sorte!

Seja nosso seguidor no Twitter (@nubevagas) e veja notícias diárias de ações, vagas de estágio e aprendizagem, palestras e muito mais. Assista nossos vídeos de dicas no YouTube e participe da nossa página no Facebook. Agora estamos também no Instagram e no Linkedin. Esperamos você em nossas redes sociais!

O Nube também oferece cursos on-line voltados para a qualificação profissional de estagiários e aprendizes. Basta acessar o link www.nube.com.br/ead. Todos os serviços para o estudante são gratuitos. Já instalou nosso aplicativo "Nube Vagas" em seu celular? Com ele você será notificado a cada nova oportunidade. Disponível na Apple Store e Play Store.

Compartilhe