O metaverso é o tema do momento. Em 2021, trouxe números surpreendentes, só nas redes sociais, foram mais de 84 mil menções de 29 mil autores, seja de estudantes, estagiários, aprendizes ou efetivos, todos já estão cientes das mudanças advindas dessa inovação. Segundo o Blog Comscore, a tendência é transformar qualquer atividade em entretenimento por meio dessa tecnologia. Logo, entender essas demandas é essencial para ser um profissional ativo no mercado de trabalho. 

A tecnologia do metaverso

Consoante a Armando Kolbe Junior, coordenador do curso de Gestão de Startups e Empreendedorismo Digital do Centro Universitário Internacional - Uninter, esse tema “não ficará restrito às grandes companhias de tecnologia”. Logo, é crucial para qualquer setor entender melhor o significado desse sistema para também se inteirar de seus benefícios.

O fundador do Facebook, Mark Zuckerberg, anunciou a mudança de nome da rede social para “Meta”, bem como o novo objetivo do grupo: criar o metaverso. O termo possui o prefixo “meta”, em grego significa “além” do universo. A ideia é amplificar experiências, espelhando o mundo real no ambiente digital, por intermédio do uso de avatares 3D e com realidade virtual aumentada. 

Para Maurício Conti, engenheiro de computação e fundador do Simples ID, é a concepção tem duas grandes vertentes. “Quem acredita fielmente a enxerga como algo transformador, principalmente quando se refere às conexões humanas, novas formas de trabalho, lazer e diversão. Do outro lado, está o público convencional, quem ainda está tentando entender suas dimensões”, afirma. 

Ainda conforme a Comscore, dentro de um universo de 115 milhões de internautas, cerca de 65 milhões apontam a relevância da sincronização de todos os dispositivos eletrônicos. Em contrapartida, cerca de 60 milhões concordam em um aprimoramento do contato do indivíduo por meio da evolução tecnológica, “como o avanço das redes sociais”, exemplifica Conti.
Junto desse conceito, novas siglas também surgiram, como VR, AR, RM e XR. A primeira diz respeito à Realidade Virtual (VR), um ambiente totalmente artificial em sua total imersão. Já a Realidade Aumentada (AR) é um complemento, pois coloca objetos virtuais sobrepostos em um espaço real. Quanto à Realidade Mista (RM), significa um local digital combinado com o mundo verdadeiro. Enfim, Extended Reality (XR) é uma mistura de todos os itens anteriores. 

Profissões lançadas pelo metaverso

Assim como expressões inéditas surgiram em conjunção com o desenvolvimento tecnológico, novas profissões também apareceram. De acordo com Conti, “nossos filhos estão estudando para trabalhar em um mercado ainda pouco conhecido, apesar de apresentarem números surpreendentes”. Portanto, para trazer esse cenário à tona, elencamos algumas carreiras promissoras nesse ponto. 

1 - Cientista de pesquisa do metaverso;

2 - Estrategista de metaverso;

3 - Desenvolvedor de ecossistemas;

4 - Gerente de segurança faz parte das novas profissões metaverso;

5 - Construtor de hardware do metaverso;

6 - Storyteller do metaverso;

7 - Construtor do novo mundo;

8 - Especialista em bloqueio de anúncios.

Portanto, Kolbe Junior ressalta: “as ideias são baratas, mas a execução é cara”, por isso, investir em novas competências nesse nicho trará bons resultados futuros. Afinal, a demanda por experts dessa área só tem a aumentar. Além disso, o metaverso também necessitará de “todo um ecossistema a ser construído em seu entorno”, pontua o coordenador. Isso diz respeito a mecanismos mais rápidos e atualizados, tais como CPUs, sensores, produção de energia sustentável, regulamentações e leis, entre outros. “Se o mundo é complexo, digitalizá-lo será ainda mais”, finaliza. 

Nesse cenário, o Nube é seu aliado! Diariamente, compartilhamos as atualizações do mercado no nosso blog e nas redes sociais, com dicas e sugestões de diversos especialistas, para você já adentrar nessa realidade mais preparado. Vale ressaltar: conte sempre conosco para atingir o sucesso!

Seja nosso seguidor no Twitter (@nubevagas) e veja notícias diárias de ações, vagas de estágio e aprendizagem, palestras e muito mais. Assista nossos vídeos de dicas no YouTube e participe da nossa página no Facebook. Agora estamos também no Instagram e no Linkedin. Esperamos você em nossas redes sociais!

O Nube também oferece cursos on-line voltados para a qualificação profissional de estagiários e aprendizes. Basta acessar o link www.nube.com.br/ead. Todos os serviços para o estudante são gratuitos. Já instalou nosso aplicativo "Nube Vagas" em seu celular? Com ele você será notificado a cada nova oportunidade. Disponível na Apple Store e Play Store.

Compartilhe