O começo do ano é sempre carregado de muitas contas e dívidas. Geralmente são pendências do ano anterior. IPTU, IPVA, material escolar, seguro do carro, despesas fixas, compras do mês e parcela do apartamento são alguns exemplos. Em um cenário ainda pandêmico, a preocupação é sobre como quitar as dívidas, pois a economia do país ainda não foi restabelecida. Saber lidar com isso é fundamental para estudantes, estagiários e trabalhadores em geral.

Alta nos pedidos de empréstimo

Desde 2020, a possibilidade de empréstimo passou a ser cogitada cada vez mais pelas pessoas físicas. Segundo o Índice FinanZero de Empréstimo - IFE, o número de pedidos subiu 71% em dezembro de 2021, quando comparado ao mesmo período do ano anterior. Nesse mesmo mês, o valor médio solicitado foi de R$ 6.791, resultando em mais de 6,6% de subida.

Ainda de acordo com dados do IFE, com o objetivo de quitar as dívidas, o perfil médio é composto por 53% de homens, na faixa de 35 anos e moradores da região Sudeste. Para Cadu Guidi, diretor de marketing da FinanZero, a situação está relacionada ao desemprego. “Sem uma renda fixa, as famílias se veem com a sua pouca verba comprometida. O aumento do custo de itens básicos para sobrevivência também é reflexo disso”, comenta.

Com base na Pesquisa Nacional de Endividamento e Inadimplência do Consumidor (Peic), o percentual de famílias brasileiras com dívidas chegou a 74,6% em outubro de 2021. O número reflete as consequências econômicas da pandemia, o crescimento do desemprego (12,1%, Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) e as altas taxas de inflação. Após essa situação, a informalidade também cresceu e o poder de consumo foi reduzido.

Além disso, outro fator importante foi o fim do auxílio emergencial. As famílias foram impactadas e recorreram a outras possibilidades. Um aspecto relevante é a falta de educação financeira. Por não terem alternativas e acesso a garantias, muitos acabam entrando em um processo de parcelas, como uma “bola de neve”.

Para Guidi, o pouco conhecimento é um problema presente há bastante tempo. “Em muitos casos, bastaria planejamento e organização das finanças. É preciso estudar as possibilidades e fazer uso consciente dos créditos disponíveis, tendo cautela com juros excessivos. O cheque especial, por exemplo, possui essa característica”, diz.

Filmes para entender sobre o assunto

Nesse sentido, a analista da Plano Fintech, Leticia Weinz, cita algumas opções de filmes para aprender, de forma didática, sobre o universo financeiro. A combinação de lazer e sabedoria pode ser muito eficiente, pois tira aquele sentimento de pressão e estudos. Veja a seguir as recomendações de Leticia:

A Grande Aposta: vencedor do Oscar de 2016, é baseado no livro de Michael Lewis. Ele traz de maneira simples e prática a crise de 2008 do mercado imobiliário americano e suas consequências para a economia mundial. Conta a história de um grupo de oportunistas fazendo fortuna ao preverem o caos e apostar contra os bancos.

Trabalho Interno: ainda falando sobre o período de 2007-2008, esse documentário, vencedor do Oscar de 2011, retrata quais foram os fatores causadores e o seu impacto na sociedade. Dividido em cinco partes, ele mostra o lado sujo de Wall Street. “Definitivamente, é quase uma aula de economia para entender mais sobre o sistema capitalista”, destaca a especialista.

O Mago das Mentiras: inspirado na história de Bernard Madoff, um dos maiores investidores de Wall Street, condenado a 150 anos de prisão por uma das maiores fraudes dos Estados Unidos, o Esquema Ponzi. Segundo a analista, é ótimo para quem deseja entender mais sobre como funcionam os esquemas de pirâmide financeira.

Os Delírios de Consumo de Becky Bloom: retrata de forma descontraída e humorada sobre os prejuízos da falta de planejamento e do excesso de consumismo. Durante o dia, a personagem principal, a jornalista Rebecca Bloomwood ensina às pessoas como administrar seu dinheiro em uma revista. Fora do seu trabalho, é viciada em compras, a ponto de ir à falência.

Até que a Sorte nos Separe: o filme brasileiro também retrata o descontrole. Traz a história de uma família vencedora da Mega-Sena, anos depois de uma vida de luxo e ostentação.

Sendo assim, estude sobre o tema e assista essas dicas para entender melhor. Não cometa o erro de gastar todo seu dinheiro. Isso pode fazer a diferença na hora da troca de emprego, por exemplo. Tenha consciência e seja cada vez mais bem sucedido!

Seja nosso seguidor no Twitter (@nubevagas) e veja notícias diárias de ações, vagas de estágio e aprendizagem, palestras e muito mais. Assista nossos vídeos de dicas no YouTube e participe da nossa página no Facebook. Agora estamos também no Instagram e no Linkedin. Esperamos você em nossas redes sociais!

O Nube também oferece cursos on-line voltados para a qualificação profissional de estagiários e aprendizes. Basta acessar o link www.nube.com.br/ead. Todos os serviços para o estudante são gratuitos. Já instalou nosso aplicativo "Nube Vagas" em seu celular? Com ele você será notificado a cada nova oportunidade. Disponível na Apple Store e Play Store.

Compartilhe