A pandemia mudou o mundo, da maneira como nos socializamos e estudamos a como consumimos, quase nada é igual há pouco mais de dois anos atrás. As maiores transformações foram no mercado de trabalho. Logo, as companhias, efetivos, estagiários e aprendizes tiveram de se reinventar bruscamente para lidar com as consequências da crise.

Tendências

Há anos, o departamento de recursos humanos (RH) vem se tornando uma das áreas mais estratégicas para as empresas. “Diante de novos formatos de serviço e desafios até então nunca enfrentados, o setor foi obrigado a se reorganizar, buscando ambientes saudáveis e produtivos mesmo à distância”, diz o diretor comercial da Treinar Mais, Osvaldo Pinholi.

Isso, inclusive, foi comprovado na pesquisa feita pela HR Pulse em 2020. De acordo com os dados, 69% dos profissionais do setor defendem essa necessidade de inovação da gestão para os próximos anos. Pensando nisso, o especialista elencou algumas tendências do setor em 2022 para as entidades estarem atentas. Veja:

Novos modelos de trabalho: muitas corporações têm planejando a retomada ao presencial, mas o modelo híbrido certamente prevalecerá dentre a grande maioria. “Com novos formatos sendo adotados, a tecnologia se tornou uma aliada importante para garantir a operação a distância, principalmente para o RH. Diversos sistemas administrativos, monitoramento e conversação foram aprimorados para ajudar o desempenho do setor, facilitando a gestão de pessoas e mantendo um bom clima organizacional”, explica o dirigente.

Sendo assim, a HR Operations da Movile, Isadora Gabriel, descreve: “há uma demanda cada vez maior por novas abordagens de liderança a fim de fortalecer a relação funcionário-gestor, criando mais conexão emocional, confiança e segurança psicológica para formar times de alta performance”.

Habilidades técnicas e comportamentais: as tech skills já deixaram de ser as únicas maestrias avaliadas em um processo seletivo. De acordo com o especialista, atualmente as competências emocionais e comportamentais são importantes, pois mostram a capacidade do profissional em lidar com a pressão, operar em conjunto com os colegas, sua resiliência e como agir em momentos de mudanças. “Nesse cenário, é papel do RH encontrar o conjunto dessas aptidões e suas necessidades para cada cargo, ajudando cada colaborador em sua jornada”, complementa.

Promoção do bem-estar: não há dúvidas dos benefícios do home office, contudo, também não há como negar o lado negativo propulsor da sobrecarga de serviço e seus consequentes prejuízos à saúde, como a Síndrome de Burnout. “A própria Organização Mundial de Saúde (OMS), inclusive, a declarou como uma doença ocupacional após o aumento de casos durante a Covid-19. Por isso, o incentivo ao bem-estar dos trabalhadores vem se tornando cada vez mais importante e uma das principais missões dos profissionais do ramo”, afirma Pinholi.

Valorização da cultura interna: as visões, valores e missões conduzem o funcionamento da instituição. Logo, uma cultura estruturada atrai mais talentos. “Nesse contexto, o RH deve ter um papel ativo e auxiliador das definições, principalmente, na disseminação interna, quebrando as barreiras geográficas”, expõe o diretor.

Treinamentos personalizados: para ele, treinar e desenvolver indivíduos é uma demanda latente, ainda mais com a atuação remota. “Então, é preciso ter criatividade, técnica e metodologias personalizadas para prover capacitações eficazes e assertivas, inclusive on-line”, continua o líder comercial da Treinar Mais.

Em suma, o RH nunca esteve tão em alta. “A importância do capital humano ficou extremamente evidente nos últimos anos e elevou a necessidade desse departamento estar constantemente antenado às principais tendências”, finaliza Pinholi.

Acompanhe nosso blog e as redes sociais, pois publicamos matérias diariamente e temos opiniões de diferentes especialistas. Assim, você dá um up na carreira e se destaca no universo corporativo. Conte com o Nube!

Estamos no Linkedin com mais dicas e matérias focadas para gestores.

Se você tiver dúvidas sobre a contratação de estagiários e aprendizes, solicite um contato da nossa equipe.

Interessado em aprender mais? O Nube também oferece cursos on-line voltados para a qualificação profissional de gestores, estagiários e aprendizes.

Compartilhe