Com a virada de ano, estudantes e professores se preparam para se adaptar e encarar as mudanças na carga horária e na dinâmica do ensino médio. A nova estrutura entra em vigor em 2022 e consiste em uma aprendizagem focada nas áreas de conhecimento, abrindo espaço para o aluno optar por uma formação independente em relação às suas escolhas acadêmicas e profissionais. Ou seja, isso causará efeitos positivos na próxima geração de estagiários no mercado.

O Novo Ensino Médio

A Lei nº 13.415/2017 alterou a Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional e estabeleceu uma alteração, ampliando o tempo mínimo na escola de 800 horas para mil horas anuais (até 2022). Foi definida, ainda, uma nova organização curricular, mais flexível, contemplando as habilidades e competências da nova Base Nacional Comum Curricular - BNCC e a oferta de diferentes possibilidades, como os itinerários formativos, com foco nas áreas de conhecimento e na formação técnica.

De acordo com a diretora de educação da rede Adventista, Marizane Piergentille, a jornada será pautada no desenvolvimento de talentos dos discentes. “A partir de agora, eles se tornam protagonistas, com muito mais autonomia e decisão do seu próprio futuro, podendo impactar o curso de toda a sua vida”, afirma. Sendo assim, pode facilitar na hora da escolha do curso na faculdade e no rumo da carreira.

A transformação tem como objetivos garantir a oferta de educação de qualidade a todos os brasileiros e aproximar as escolas à realidade de hoje, considerando as novas demandas e complexidades do mundo do trabalho e da sociedade. O currículo começou a ser implementado progressivamente aos alunos da 1ª série do ensino médio em 2021. Em 2022, para os estudantes da 2ª série, e consequentemente, para a 3ª série no ano de 2023.

A intenção é atender às necessidades e às expectativas dos jovens, fortalecendo o protagonismo juvenil. Isso é possível pois eles escolherão seus caminhos, em quais sabedorias querem se aprofundar ou, ainda, quais cursos ou habilitações farão. “Isso não exclui disciplinas dos currículos. Apenas mobiliza todos os componentes e, portanto, torna seu desenvolvimento obrigatório”, explica o coordenador do Colégio Marista Arquidiocesano, Thiago Cachatori.

Como funciona?

Os itinerários formativos são compostos por estruturas para incentivar o aluno a se adentrar na aprendizagem da formação geral básica.“Seu diferencial está na proposta de reforçar os saberes adquiridos no ensino fundamental, além de promover uma vivência para o século XXI e oferecer uma visão ampla sobre a inserção ao mundo corporativo, proporcionando uma educação integral a todos”, complementa Marizane.

Agora, os matriculados devem selecionar uma ou duas áreas para terem mais contato durante as aulas. “Nós chamamos de Future Skills, pois desenvolve capacidades humanas e digitais, cada vez mais exigidas. São disciplinas como pensamento criativo, gamificação, inteligência emocional e programação, por exemplo. Outra opção é o Hub. Nele, utilizam-se dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da ONU - ODS para a resolução de problemas complexos com foco em transformações socioambientais, sempre pensando global e agindo local”, destaca o coordenador.

A BNCC tem como objetivo tornar a educação brasileira menos desigual e com mais equidade. Dessa forma, busca reduzir as disparidades entre os diferentes estados brasileiros. O direito de aprender é o eixo norteador da base, contemplando escolas públicas e particulares. “Se trata da capacidade de ação e reflexão críticas, necessárias à prática da cidadania”, finaliza Cachatori.

Uma das críticas constantes ao sistema educacional do país era como os estudantes não tinham preparo para a “vida real”. Ensinava-se muitas teorias, mas muitas vezes sem aplicação no cotidiano ou não despertavam interesse em algumas pessoas. Agora, a expectativa é de uma melhor preparação para o universo empresarial. Sendo assim, diminuirá o número de decepções com o curso escolhido no ensino superior e, consequentemente, na carreira.

Portanto, pense bem e siga o caminho mais compatível com seus talentos e preferências. Dessa forma, você estará pronto para conseguir uma vaga de estágio ou aprendizagem. Caso esteja em busca dessa oportunidade, acesse o nosso painel de vagas. Boa sorte!

Seja nosso seguidor no Twitter (@nubevagas) e veja notícias diárias de ações, vagas de estágio e aprendizagem, palestras e muito mais. Assista nossos vídeos de dicas no YouTube e participe da nossa página no Facebook. Agora estamos também no Instagram e no Linkedin. Esperamos você em nossas redes sociais!

O Nube também oferece cursos on-line voltados para a qualificação profissional de estagiários e aprendizes. Basta acessar o link www.nube.com.br/ead. Todos os serviços para o estudante são gratuitos. Já instalou nosso aplicativo "Nube Vagas" em seu celular? Com ele você será notificado a cada nova oportunidade. Disponível na Apple Store e Play Store.

Compartilhe