Com a virada do ano, novas metas são traçadas. Para alcançar os objetivos, é fundamental olhar para trás para entender os pontos positivos, negativos e de melhoria. Com uma economia ainda instável e com muitos negócios recuperando o fôlego, é importante fazer esse balanço para ajudar no planejamento e começar 2022 mais estruturado e com segurança. Isso serve para empresários, trabalhadores, estagiários e estudantes.

A importância de cuidar das finanças

A crise econômica tem afetado a vida de milhões de brasileiros. Não à toa, o país acumula cerca de 62 milhões de inadimplentes. Segundo o Índice de Saúde Financeira do Brasileiro (I-SFB), divulgado neste ano pelo Banco Central do Brasil - Bacen, cerca da metade da população está em situação de baixa saúde financeira e 58,4% afirmam ter estresse e reflexo na vida familiar.

Os bancos e cartões de crédito seguem sendo os maiores credores dos cidadãos inadimplentes no Brasil, representando 28,7% das dívidas. Em seguida, estão as despesas de contas básicas, como água e eletricidade, correspondente a 23% dos devedores. As empresas de comércio varejista aparecem em terceiro lugar, com 13% dos débitos registrados no Serasa.

De acordo com o analista e educador financeiro Uesley Lima, é necessário as pessoas terem um controle cada vez mais minucioso: “Basicamente, é preciso ter domínio total do quanto entra e sai da sua conta. Hoje em dia, existem diversos recursos para ajudar”, afirma. Essas dicas servem tanto para a parte empresarial quanto para a pessoal.

No âmbito pessoal

Neste momento de fragilidade, alguns cuidados com as contas pessoais são imprescindíveis. “A recomendação é organizar uma planilha com as suas fontes de renda (do salário até outras receitas) e os seus gastos fixos. Assim, você terá uma ideia do seu balanço mensal, isso é, se você está fechando os meses no vermelho ou com um saldo positivo”, explica Lima

Evitar o acúmulo de novas dívidas é outro ponto fundamental para entrar nos trilhos. Nesse caso, recomenda-se fugir do uso exacerbado de cartões de crédito e, principalmente, do cheque especial. O ideal é priorizar as compras à vista, para assim, impedir o efeito bola de neve do endividamento.

Para sair dessa situação, é essencial diminuir as despesas desnecessárias. O essencial é se manter focado nas coisas principais. O pensamento a longo prazo será o seu maior aliado. Conforme as contas estiverem mais balanceadas, será possível melhorar o seu padrão de vida e logo você poderá realizar seus desejos.

Feito isso, é hora de organizar-se a respeito do quanto você deve aos credores e como pagá-los. Nesse ponto, é fundamental ter consciência plena dos valores viáveis dentro do seu orçamento. “É preciso deixar clara a sua real situação. Assumir parcelas mais altas é um erro e pode comprometer todo o planejamento até então”, destaca o educador.

No âmbito empresarial

No Brasil, muitas corporações costumam falir por falta de conhecimento e por empreendedores cometendo erros. Nesse sentido, o CEO da Débito Direto, Bruno Grahl, dá alguns conselhos para quem pretende gerenciar melhor uma organização:
Acompanhe o fluxo de caixa: monitore constantemente todas as movimentações. Quanto mais automatizados forem esses dados, melhor. Assim, as informações ficam organizadas, atualizadas e você economiza tempo para fazer essa análise frequente.

Taxas e cargas tributárias em dia: os impostos não são generosos com empresas de nenhum porte, mas deixar de lado a tributação e pagamento de taxas, assim como os encargos trabalhistas, também pode comprometer seriamente a saúde de seu negócio. “Deve-se ter conhecimento sobre o assunto. Fique atento aos programas de refinanciamento, pois são oportunidades únicas de regularizar suas pendências”, aconselha Grahl.

Conte com profissionais capacitados: eles podem te ajudar a gerir e indicar possibilidades de reduzir custos. Hoje em dia, existem ferramentas para auxiliar nessa tarefa.

Renegocie suas dívidas: se for necessário, negocie com clientes e fornecedores. Seja transparente, barganhe prazos maiores e carência. “Não deixe de honrar seus compromissos com essas pessoas, pois eles são parceiros e trazem movimento ao seu negócio”, ressalta o especialista.

Não misture dívidas pessoais e empresariais: é um dos erros mais cometidos por empreendedores. Se o patrimônio não for separado, jamais terá a noção exata dos lucros e do valor patrimonial.

Portanto, fique ligado e evite esses problemas. Você pode ter uma saúde financeira com salário de diretor ou uma bolsa-auxílio de estagiário. Basta ter consciência e se organizar.

Seja nosso seguidor no Twitter (@nubevagas) e veja notícias diárias de ações, vagas de estágio e aprendizagem, palestras e muito mais. Assista nossos vídeos de dicas no YouTube e participe da nossa página no Facebook. Agora estamos também no Instagram , Tiktok e no Linkedin. Esperamos você em nossas redes sociais!

O Nube também oferece cursos on-line voltados para a qualificação profissional de estagiários e aprendizes. Basta acessar o link www.nube.com.br/ead. Todos os serviços para o estudante são gratuitos. Já instalou nosso aplicativo "Nube Vagas" em seu celular? Com ele você será notificado a cada nova oportunidade. Disponível na Apple Store e Play Store.

Compartilhe